Senado indica, Renan Dal Zotto cede e Murilo volta à seleção.

Senado indica, Renan Dal Zotto cede e Murilo volta à seleção.

Bruno Voloch

18 de abril de 2018 | 11h03

Renan Dal Zotto, pelo andar da carruagem, não vai resitir e ceder à pressão.

O técnico da seleção brasileira, em recente entrevista ao blog, garantiu que não existia interferência na convocação e que a decisão final era dele.

Só que não.

A futura lista, até onde o blog apurou, desmente Renan e vai de encontro ao que o treinador declarou.

Os ‘senadores’ da seleção, jogadores considerados intocáveis e que, segundo fontes, aprovariam e vetariam nomes, pediram a convocação de Murilo, líbero do Sesi.

Renan teria aceitado a indicação.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: