Tainara é a maior e melhor contratação de Osasco nas últimas temporadas

Tainara é a maior e melhor contratação de Osasco nas últimas temporadas

Bruno Voloch

05 de agosto de 2020 | 18h17

Ninguém discute a importância da volta de Tandara.

Jogadora consagrada, seleção brasileira e diferenciada. Se vai corresponder, o tempo dirá. A tendência é que sim. A torcida e os envolvidos podem e deve cobrar.

Osasco, como nos melhores roteiros, deixou o melhor para o fim.

O anúncio oficial de Tainara coloca o time novamente entre os favoritos da temporada. Ela é uma das maiores contratações do clube na última década. E sem exageros.

E isso não se reflete aos números, leia-se, salário.

Trata-se de uma atleta nova, promissora, extremamente talentosa, forte fisicamente, corajosa e dona de uma personalidade rara aos 20 anos de idade. Chega credenciada pelo trabalho com José Roberto Guimarães, que dispensa apresentações.

Luizomar de Moura dirigiu Tainara nas seleções de base, o que aumenta a possibilidade da parceria render bons frutos. Faz tempo, e bota tempo nisso, que Osasco não tem uma ponteira definidora na acepção do termo. Jaqueline, a melhor da temporada passada, fez esse papel, mas é muito mais uma jogadora de preparação do que definição.

E Jaqueline, livre e sem tanta responsabilidade, irá render mais.

Já apalavrada com o clube e por questões jurídicas impedida de falar como jogadora do time, Tainara me disse numa live recente que jogar em Osasco seria um sonho.

Agora virou realidade.

É só desfrutar. E corresponder.

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: