Todos contra Osasco no Campeonato Paulista

Bruno Voloch

26 Agosto 2016 | 10h15

É hoje. Começa oficialmente a temporada 2106/17 para os clubes brasileiros.

O reformulado Osasco, de Luizomar de Moura, abre o campeonato paulista contra São Bernardo em casa.

osasco_e_sao_caetano_4_1

São Caetano e Pinheiros completam a rodada. Sesi e Valinhos jogam na terça-feira. Bauru, campeão da Copa São Paulo, fecha a lista dos clubes que irão disputar o título.

Osasco, atual tetracampeão, mais uma vez é o favorito.

O clube está de cara nova e ainda não terá Dani Lins. Estará entretanto bem representado por Carol Albuquerque.

Luizomar, diante do que passou e principalmente viu na temporada passada, foi obrigado a mudar a filosofia de trabalho e os critérios para as contratações.

Me agrada em cheio Paula Borgo.Saraelen terá a chance da vida e Bia, se tiver a cabeça no lugar, pode vingar. Tandara idem. A responsabilidade é grande. Nas mãos de Luizomar ela será ponteira.

Será interessante ver Camila Brait em ação após o trauma do corte para a Olimpíada.  Ana Bjelica e Tijana Malesevic devem estar à disposição para os playoffs. Boas escolhas.

Será preciso uma boa dose de paciência para o fanático e exigente torcedor de Osasco. O elenco é bom, forte fisicamente e com mais opções para a comissão técnica. Entrosamento vem com o tempo. A obrigação é toda de Osasco.

suuu-e1470145827241

O tradicional Pinheiros não ganha desde 2010. A maior esperança está depositada nas mãos da competente Suelle. A oposta Bárbara pode ajudar. Ananda é uma levantadora promissora e Vanessa, Mimi e Ju Nogueira, todas vindas do Rio do Sul, são apostas interessantes. O ponto fraco está no banco. O Pinheiros não tem técnico.

Bauru pode aprontar sob comando do competente Marcos Kwiek. É bem verdade que o técnico só deve chegar na metade do campeonato. Bauru tem um grupo interessante e versátil. Está muito mais forte do que na temporada passada. Sem comparação. As contratações foram pontuais.

bruxosa4

Sesi e São Caetano entram em igualdade de condições. São Caetano tem mais técnico, camisa e um time mais rodado. Pode pesar.

São Bernardo e Valinhos não assustam. São heróis apenas por conseguirem sobreviver.

A briga esse ano é para saber quem chegará a decisão contra Osasco.

Bauru, Pinheiros ou São Caetano?