Torcida do Praia Clube não deve se iludir. Time será vice novamente para o Rio.

Torcida do Praia Clube não deve se iludir. Time será vice novamente para o Rio.

Bruno Voloch

14 Fevereiro 2017 | 11h13

Começa hoje nas cidades de Uberlândia e Uberaba mais uma edição do Sul-Americano feminino de clubes.

Competição que já foi de alto nível no passado quando o Peru tinha times de ponta e que hoje é fadada ao fracasso. Torneio é resumido em apenas uma partida quando os brasileiros se encontram. E será assim novamente.

Praia e Rio vão fazer a decisão no sábado, dia 18, em Uberlândia.

12647357_959051557511005_5486175282244041957_n

O resto não conta.

8 jogos que não valem rigorosamente nada e servem apenas para cumprir tabela.

O que o torcedor ou sócios do Praia se perguntam é como evitar novo vexame e mais uma derrota para o Rio?

O que o blog responde é que não tem como. Se não houver nenhum fator extra-quadra , tipo favorecimento de arbitragem, o Rio será campeão de novo.

Nesse caso não importa o local. O que conta é a tradição, a história do confronto e o medo que o Praia tem de jogar com o time carioca. Treme mesmo. Tem sido assim e não seria agora que a coisa iria mudar.

A torcida mineira portanto não deve se iludir. Deve sim comparecer, prestigiar o evento, que é vendido como se fosse de primeira grandeza, e no fim ver o time novamente ser vice.

A única diferença é que dessa vez o Praia vai perder em casa.