Torcida, pressão e Jaque x Lorenne apimentam decisão entre Osasco e Barueri

Torcida, pressão e Jaque x Lorenne apimentam decisão entre Osasco e Barueri

Bruno Voloch

08 de novembro de 2019 | 09h25

Hoje será o verdadeiro teste para o jovem e promissor time de Barueri.

A equipe bem dirigida por José Roberto Guimarães pode fazer história em Osasco se vencer e conquistar o título estadual. E Barueri terá duas chances: no tempo normal e no golden set, na pior das hipóteses.

A questão é saber como o grupo se comportará diante da torcida no Liberatti e se irá segurar a pressão.

A rivalidade criada nas últimas temporadas entre os vizinhos anda acirrada. Dentro e fora de quadra. A discussão entre Lorenne e Jaqueline é mais um ingrediente. Lorenne não afinou. Talvez a técnica apenas não seja suficiente para decidir o paulista. O emocional terá um peso grande.

Osasco, que ninguém se engane, também entra pressionado, afinal são investimentos completamente desproporcionais, o que aumenta responsabilidade de Osasco que briga contra o desentrosamento visível, enquanto Barueri está arrumado.

A torcida certamente irá cumprir seu papel. O time de Osasco entretanto terá que ajudar.

Por falar em papel, Barueri já cumpriu o seu. Mas agora que ir além. E pelo que tem demonstrado ultimamente, coragem e bola estão sobrando. Basta ter os nervos no lugar.

 

 

 

Tendências: