Ufa, Bjelica!

Ufa, Bjelica!

Bruno Voloch

07 de dezembro de 2019 | 10h35

A sensação de alívio reflete bem o sentimento da oposta sérvia e do time de Osasco. Foi dela o último ponto na sofrida vitória no tie-break contra Bauru.

15/13.

Jogo nervoso, equilibrado, cheio de reviravoltas e com participação decisiva de quem estava no banco e veio do banco. Nos dois lados.

Enquanto Luizomar de Moura começa a encontrar a cara de seu time, Anderson Rodrigues sofre e paga caro o preço da indefinição.

É chover no molhado, mas quase na metade do primeiro turno da Superliga, ninguém sabe quais são as titulares do técnico de Bauru. Nem ele, coitado. Os erros incontáveis e o entra e sai, marcas registradas desse irregular Bauru, farão Gabi Cândido a próxima vítima.

Podem anotar.

E aos poucos Bauru vai vendo os adversários abrirem vantagem enquanto Polina faz o possível para carregar o time nas costas. Mas como por lá a gestão do Sesi permite, vida que segue e nada acontece.

Do lado de Osasco o que se vê é justamente o contrário. Roberta talvez tenha feito seu melhor jogo desde que foi contratada. O entrosamento com as centrais melhorou consideravelmente. A escolha e postura da levantadora fizeram o time andar muito bem nos dois primeiros sets.

Jaqueline, quem diria, impressiona pela regularidade e liderança. Sim, liderança. É preciso enaltecer o comportamento dela em quadra. Foi a jogadora mais importante de Osasco em Bauru.

Mérito de Luizomar de Moura que apostou na ex-atleta da seleção. O treinador por sinal, mesmo capenga no banco, usou o que tinha nos momentos mais apropriados. Arriscou sem medo de errar. Leitura de quem conhece o elenco. Pri Heldes, de novo, virou uma espécie de talismã.

O tiro mais improvável foi a entrada de Casanova no quinto set. E convenhamos, se não fosse a cubana a história poderia ter sido outra no tie-break. Ela encaminhou a virada de Osasco. Virada essa que viria com a mão de Luizomar e o retorno cirúrgico de Bjelica.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.