Vitória, postura e promessa de dias melhores em Bauru

Vitória, postura e promessa de dias melhores em Bauru

Bruno Voloch

21 Janeiro 2016 | 08h00

Marcos Kwiek tem estrela e estreou com o pé direito no comando de Bauru.

O exigente torcedor deve ter gostado do que viu.

O time abriu 2 a 0 contra o Rio do Sul, sofreu o empate, oscilou, foi inconstante, mas mostrou equilíbrio emocional e disposição para virar o tie-break e fechar com 15/13.

dsc8961

Foi uma vitória do grupo em especial sendo difícil e até injusto destacar alguma jogadora individualmente.

Marcos Kwiek usou praticamente todas as atletas que tinha à disposição contando com Nayara, Erika, Lyara, Ana Tiemi e Natieli que vieram do banco.

Valeskinha foi bem discreta e Bruna a maior pontuadora.

1453340251

O Rio do Sul, assim como aconteceu diante do Rio, caiu novamente no tie-break. O time segue dependendo da oposta Helô que brilhou e jogou acima da média das companheiras.

O resultado deixa Bauru mais distante em relação ao Pinheiros e firme na oitava posição.

Rio do Sul, que levou 1 ponto, segue em sétimo mas acumula 4 derrotas nos últimos 5 jogos e já vê Bauru no retrovisor.