Wilma Salas, de Cuba, desperta interesse de clubes brasileiros.

Wilma Salas, de Cuba, desperta interesse de clubes brasileiros.

Bruno Voloch

07 de janeiro de 2019 | 08h42

A temporada mal começou, o primeiro turno da Superliga ainda não terminou e o mercado para a próxima temporada começa a se movimentar.

Não será surpresa se a cubana Wilma Salas, 27 anos, desembarcar no BRASIL.

A jogadora, segundo o blog apurou, quase foi inscrita em dezembro por Balneário Camboriú para a Superliga. A contratação só não aconteceu porque o clube catarinense não teve a confirmação da verba que seria utilizada, via patrocinador, no processo.

Só que agora o destino dela pode ser outro. E bem diferente, nada a ver com Santa Catarina.

Coisa grande.

Salas tem contrato com o Cuneo, da Itália, até maio de 2019. É a primeira temporada da ponteira em solo italiano.

Antes, a jogadora jogou 3 anos na Turquia onde defendeu Belediyespor e Halkbank Ankara. Experiente, passou ainda pelo vôlei do Azerbaijão.