A relação de Ronaldo com o Corinthians

Estadão

20 de outubro de 2009 | 20h43

ronaldo_blog

Desde que começou a jogar futebol, Ronaldo nunca negou seu amor pelo Flamengo, time que leva no coração desde a infância. No entanto, cada vez mais o craque deixa de lado a equipe do Rio de Janeiro e se apaixona pelo Corinthians, clube que o contratou no fim do ano passado e onde ele foi recebido de braços abertos.

Muitos acreditavam que o Fenômeno estava acabado para o futebol quando a diretoria corintiana anunciou a aquisição bombástica em 9 de dezembro. Três dias depois ele foi apresentado no Parque São Jorge com uma grande festa, mas ainda havia muita dúvida sobre a condição física do atleta.

Para calar os críticos e fazer a festa da torcida alvinegra, vieram os títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, ambos com participação decisiva de Ronaldo. Além disso, algumas exibições memoráveis, como na final do estadual contra o Santos na Vila Belmiro e diante do Fluminense no primeiro turno do Brasileirão no Pacaembu. E o corintiano certamente guardará para sempre no coração o primeiro gol do Fenômeno, que empatou nos acréscimos uma partida diante do arquirrival Palmeiras em Presidente Prudente.

Ronaldo já anunciou que disputará a Copa Libertadores de 2010 pela equipe paulista. Se levar o time ao tão sonhado título da competição, certamente entrará para a galeria dos maiores ídolos da história do clube.

Mas a relação do atacante com o time não se resume aos belos desempenhos dentro de campo. As palavras do jogador sempre agradam a torcida, que hoje vê o atleta como símbolo principal do Corinthians.

O craque já anunciou que sua relação com o clube será “eterna”. Quando encerrar a carreira, pretende continuar colaborando, “talvez como embaixador”. Segundo ele mesmo, “o sonho de jogar no Flamengo já acabou”. O fato é que Ronaldo virou a casaca, e hoje em dia é corintiano desde criancinha.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: