O que seria da cidade de São Paulo sem o Corinthians?

Estadão

25 de janeiro de 2010 | 19h58

SÃO PAULO – A cidade de São Paulo completou 456 anos nesta segunda-feira, 25. E falar desta cidade sem mencionar o futebol é algo praticamente impossível. Ainda mais ao se falar do Corinthians, time com a maior torcida entre os paulistanos.

O Corinthians, que fará 100 anos no dia 1.º de setembro, é um clube que desperta paixão e ódio entre os paulistanos. É comum na cidade ser corintiano, ou anticorintiano.

Por natureza, o paulistano é apaixonado por futebol. Nas segundas-feiras após rodada, os bares, restaurantes e pontos chaves da cidade recebem milhares de torcedores para o famoso “papo de futebol”.

Quem na cidade nunca parou para acompanhar uma partida de futebol, ainda mais do Corinthians.

O Corinthians, com sede no Parque São Jorge, é um clube capaz de parar a cidade.

Basta ver o envolvimento que será criado para os jogos na Libertadores.

São Paulo vai parar quando o Corinthians entrar em campo para a disputa da competição continental, título mais sonhado pelos alvinegros.

Afinal, o Corinthians é a cara de São Paulo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: