As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A diferença entre fofoca e notícia – Parte 2

Cesar Sacheto

06 Outubro 2016 | 16h46

Acho que preciso reconsiderar as minhas convicções, rever conceitos… Ou mudar de profissão.

Mais uma vez, a fofoca foi encapada como notícia e gerou polêmica. Desta vez, foi o Santos a viver uma pequena turbulência em plena disputa das duas competições mais importantes do Brasil por nada.

Surgiu na imprensa a ‘notícia’ que um grupo de conselheiros se reuniu para pedir a contratação de Wanderley Luxemburgo. E que esse pessoal enviou um ofício para a presidência do clube com a demanda.

Ora, onde está a notícia?! Houve alguma reunião da diretoria para definir a mudança da comissão técnica? Não. Existe a intenção do comando santista de trocar o treinador? Não. Foi pura picuinha. Alguém repercutiu um disse me disse de algum conselheiro. Mas, munido dessa ‘informação’, um repórter decidiu questionar Dorival Junior em coletiva de imprensa e gerou mal estar.

Gente, o Santos jogou bem, venceu o Fluminense e briga pelo título; ou, no mínimo, por uma vaga na Libertadores da América de 2017! A noite foi ótima e o treinador se viu obrigado a falar da sua suposta saída. Pelo amor de Deus! Não consigo entender o que acontece no futebol. Ou, realmente, tô na profissão errada.