Prova na Rocinha, mais um ponto da democratização da corrida de rua
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Prova na Rocinha, mais um ponto da democratização da corrida de rua

andreavelar

04 de abril de 2011 | 19h31

Correr é democrático, repetem os especialistas. E pode mesmo até ser. De fato, não precisa muito para sair a Correr por aí e logo entrar em provas – pois é, as inscrições que não são lá muito acessíveis a todos e aí que questiono um pouco a tese. Em todo caso, a partir de 5 de junho, a Rocinha entrará de vez no mapa da corrida de rua. Promovida pela New Balance, a prova acontece entre as vielas e o sobe e desce dos morros da zona sul carioca.

Detalhes do projeto devem ser anunciados em breve, mas o blog antecipa algumas novidades.

O dia não será apenas de uma simples corrida de três quilômetros ao melhor estilo cross-country. Só aí já seria fantástico e a praia não ficaria sozinha com o celebrado título de encontro democrático entre o morro e o asfalto. Mais do que isso, será um dia de ações voltadas para o social.

Uma ótima oportunidade então para lançarmos luz aos engavetados projetos de melhorias e revitalização daquela que ainda carrega o rótulo de maior favela da América Latina. Renomados arquitetos, além, é claro, de personalidades do esporte são aguardadas no local.

Há quatro anos a marca de tênis esportivo mantém um time de corredores na comunidade que alguns dizem ter mais de 100 milhões de pessoas. Por isso, na ocasião, também será apresentada a Equipe New Balance de Corrida de Rua. São seis meninas e seis meninos com resultados relevantes no atletismo nacional. Essas jovens promessas terão acompanhamento profissional e continuarão a trazer as boas novas da Rocinha.

 

Divulgação/Equipe New Balance

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.