Combata o câncer infantil correndo!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Combata o câncer infantil correndo!

Alessandro Lucchetti

19 de fevereiro de 2013 | 15h55

Zé Roberto apoia o Centro Boldrini

Tem gente que não gosta do Zé Roberto Guimarães, o técnico da seleção brasileira de vôlei que já faturou três medalhas olímpicas de ouro. A ponteira Mari é uma dessas pessoas, penso eu. Acho que é um grande sujeito. Já tive um entrevero com ele, quando perguntei a respeito do suposto amarelismo de nossas meninas da seleção. Lembram daquela época em que o Brasil conseguiu perder até mesmo a final do Pan de 2007? A própria Fofão afirmara, na época, que faltou um pouco de tranquilidade na decisão contra Cuba, mas ele ficou bem bravo. O legal é que Zé Roberto não guarda rancor, e tem bom coração. Foi ele que me informou que um colega que trabalhou comigo por dez anos estava muito doente. Disse que ia visitá-lo em Pirassununga. Aí eu me senti um amigo meio desalmado, por não estar nem ciente da situação. E tratei de pegar logo o carro e rumar para Pirassununga. Afinal, se o técnico da seleção e de um time da Superliga arruma tempo para ir até à terra da Esquadrilha da Fumaça, por que eu não haveria de fazer o mesmo? Fui com o bravo amigo Fernex, aquele das madeixas esquisitas.

Bom, Zé Roberto volta a demonstrar que tem um grande coração. Ele é o garoto-propaganda da Corrida Mais Vida 3M Boldrini, que está agendada para o dia 26 de maio. Não cobra nada por isso, é claro.  A largada será na Praça Arautos da Paz, próxima ao Parque do Taquaral, em Campinas. Tudo o que a corrida arrecadar em inscrições será integralmente revertido para o Centro Boldrini, hospital especializado no tratamento do câncer infantil. O trajeto inclui importantes avenidas da cidade de Carlos Gomes, como Orosimbo Maia e Norte Sul, além da ainda bela (e infelizmente poluída) lagoa. É possível fazer inscrição pelo site www.noblu.com.br.

A expectativa da organização é reunir 3 mil corredores. Eu serei um deles! “Correr Por Aí” também tem bom coração. Às vezes.

Alessandro Lucchetti

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.