Marilson confirmado na São Silvestre
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Marilson confirmado na São Silvestre

andreavelar

07 de dezembro de 2010 | 20h00

Divulgação/ZDL - 2003

Às vésperas da Maratona de Nova York, o Correr por aí falou com Marilson Gomes dos Santos. Desejou boa sorte ao brasileiro, mas torceu para que ele não participasse da São Silvestre. Calma! O motivo era nobre. Um bom resultado pelas subidas e descidas da Big Aple naturalmente o afastaria da tradicional prova de 31 dezembro, pelas ruas de São Paulo.

Pois nesta terça-feira o bicampeão de Nova York (2006 e 2008) e bicampeão da São Silvestre (2003 e 2005) confirmou uma importante ponderação que já havia feito ao blog. “Torce para que eu possa me recuperar bem, rápido. Tenho que estar íntegro, não adianta correr só para falar que o Marilson está na prova. Não adianta”, disse na época.

Isso mesmo. Marilson conseguiu um bom resultado (ficou em sétimo) e se recuperou bem da desgastante prova dos Estados Unidos. Agora participará da São Silvestre depois de quatro anos de ausências. Mais do que isso, antes ele correrá a Sargento Gonzaguinha. As duas provas têm o percurso de 15 quilômetros e uma serve de treino de luxo para outra. O principal corredor brasileiro da atualidade vem forte para as duas.

“Tive uma boa recuperação depois de Nova York e decidi com meu técnico ampliar um pouco mais a temporada. O percurso da Sargento Gonzaguinha (venceu em 2004) possui algumas subidas, mas no geral é plano”, disse o atleta.

O mérito da boa recuperação ele divide com o técnico, fiel escudeiro e guru Adauto Domingues. “Normalmente, depois de uma maratona, fazemos um forte trabalho de recuperação para verificar se não ficaram dores ou lesões. O Marílson primeiro fez trotes leves, mas depois já começou a trabalhar um período de base, a fazer velocidade. E se sentiu bem, inteiro”, explicou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.