5 dicas para evitar resfriados e gripes

5 dicas para evitar resfriados e gripes

SILVIA HERRERA

20 Junho 2018 | 10h14

Corra das gripes e resfriados para continuar treinando forte no inverno. #prevenção #corridaderua #BlogCorridaParaTodos

Na semana passada, peguei uma gripe daquelas de nocautear, que me impediu de praticar corrida de rua, nem na musculação tive ânimo de ir, dor de cabeça, dor no corpo inteiro, coriza…. Foi me dando uma leseira no segundo tempo de Brasil e Suíça que quando o jogo acabou, parecia que eu tinha corrido os 90 minutos em campo na Rússia. ”

As temperaturas mais baixas propiciam aglomerações em ambientes fechados, aumentando as chances de contágio”, explica Maura Neves, otorrinolaringologista do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo (HCFMUSP).  É aquela coisa, quem está doente em vez de ficar em casa se cuidando sai por aí contagiando todo mundo. Mas como não adianta nada reclamar, a médica deixa aqui registradas cinco dicas bacanas para você não ficar três dias off. A prevenção sempre é o melhor remédio.

5 dicas da dra Maura Neves

1 – Limpe o nariz diariamente

Assim como escovar os dentes, o cuidado de limpar o nariz deve ser diário. Mesmo fora do inverno e dos momentos de crise, o hábito ajuda na prevenção de gripes, resfriados e alergias. Para isso, aposte em soluções salinas 0,9%, disponíveis nas versões spray e jato contínuo. “Feita pela manhã e à noite, a limpeza é capaz de reduzir em até 40% a incidência de gripes e resfriados. Durante os episódios infecciosos, o uso pode ser intensificado”, afirma Dra. Maura.

2 – Hidratar é importante

No inverno, o ar fica mais seco, interferindo nos mecanismos de defesa do nariz. “A mucosa nasal é revestida por cílios microscópicos, responsáveis por remover impurezas que inalamos diariamente. Com o ressecamento, esse sistema pode ser prejudicado, nos deixando mais vulneráveis a doenças respiratórias”, explica Dra. Maura. Para evitar a desidratação e fechar o Ciclo da Saúde Nasal, aposte em um gel hidratante apropriado para o nariz sempre que houver sensação de ressecamento.

3- Aposte no álcool gel

O friozinho aumenta as aglomerações de pessoas em locais fechados, possibilitando a proliferação de doenças respiratórias. “Além disso, a circulação de vírus causadores de gripes e resfriados aumenta nessa época do ano”, pontua Dra. Maura. Para se proteger nesses momentos, carregue o álcool gel para a assepsia das mãos, quando não for possível lavá-las.

4 – Imunizações em dia

Além de todas as medidas de assepsia, é importante manter as imunizações atualizadas, principalmente no caso de crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas. A vacina contra a gripe deve ser tomada anualmente. Ela está disponível nas versões trivalente e quadrivalente, com proteção contra os vírus H1N1, H3N2 Singapore, influenza B e linhagem Victoria, além de influenza B Yamagata (no caso da quadrivalente).

5 – Olho na alimentação

No inverno o apetite aumenta e, muitas vezes, descuidamos do que colocamos no prato. Para manter a saúde blindada, mantenha uma dieta balanceada e invista em alimentos como cereais integrais, castanha do Pará, soja, carnes, linhaça e peixes como salmão, atum e sardinha, que são ricos em nutrientes que ajudam no fortalecimento da imunidade. E lembre de tomar água! A ingestão de pelo menos dois litros diários de água ajuda a manter a secreção nasal mais fluida, auxiliando na prevenção de infecções comuns dessa época do ano.

Mais conteúdo sobre:

saúdeprevençãocorrida de rua