Ultraboost 20 ganha versão feita com resíduos plásticos

Ultraboost 20 ganha versão feita com resíduos plásticos

Tênis de corrida da adidas é um dos itens da nova linha de alta performance PRIMEBLUE, produzida com material reciclado pela Parley Ocean Plastic

SILVIA HERRERA

11 de junho de 2020 | 15h18

Feitos para oferecer o melhor rendimento durante a prática esportiva, cada produto da coleção adidas PRIMEBLUE, produzida com Parley Ocean Plastic, traz pelo menos 40% de materiais reciclados. Em tons de azul, branco, preto e laranja, a linha conta com regatas, camisetas, casacos, corta-ventos, shorts, leggings, tops esportivos e o icônico Ultraboost 20. Esses materiais reciclados têm como matéria prima lixo plásticos interceptados de ilhas remotas, praias e comunidades costeiras pela Parley Ocean Plastic. O Planeta e os corredores de rua agradecem.

adidas PRIMEBLUE Ultraboost 20 tem cabedal feito com lixo plástico

O tênis de corrida Ultraboost 20 PRIMEBLUE (R$ 899,99) apresenta esse  material no cabedal (parte de tecido que cobre a parte superior do pé)  com tecnologia TFB, uma técnica  que estabelece fibras ao milímetro, resultando em um cabedal leve e de alta performance que é costurado e construído com alta precisão. Da decolagem à aterrissagem, os corredores podem iniciar o controle com um tênis que calibra exatamente o apoio do pé para liberar totalmente o retorno de energia da entressola boost.

Coleção PRIMEBLUE da adidas é uma ecoinovação

Sustentabilidade

Desde 2012, a adidas inova em produtos e processos com parceiros focados na sustentabilidade. Além dessas iniciativas, a adidas também anunciou o fim de plástico virgem nas embalagens dos produtos vendidos em suas plataformas digitais – a partir deste mês, o plástico usado será de fontes recicladas.

Após a apresentação de um tênis único durante uma reunião da ONU em 2015, a parceria de ecoinovação a longo prazo com a Parley for the Oceans resultou na produção de mais de 15 milhões de pares de tênis com o Parley Ocean Plastic®. Este ano, a marca continua trazendo iniciativas que impactam o meio ambiente, como o lançamento da tecnologia de alta performance PRIMEBLUE, que conta com 100% de poliéster reciclado e terá um papel significativo para marca, uma vez que o volume total em poliéster reciclado será de 50% a mais até o final de 2020 – aproximando a empresa de seu compromisso com fim de resíduo plástico, por meio dos pilares:

  • Ciclo de reciclagem – produção a partir de materiais recicláveis, com a criação dos tecidos como PRIMEBLUE;
  • Economia circular – criado para ser reutilizado: produtos os quais o ciclo de vida permita que seja reutilizado após uso, como o tênis de corrida Futurecraft Loop;
  • Ciclo biônico – produzido por meio da natureza: ambição da marca é desenvolver produtos com longo ciclo de vida e que possam voltar à natureza;

 

Confira abaixo Live feita pela Parley for the Oceans sobre  “como criar nosso futuro”

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: