Adriana Silva irá representar o Brasil na Maratona de Nova York

Adriana Silva irá representar o Brasil na Maratona de Nova York

SILVIA HERRERA

22 Agosto 2018 | 18h05

Será a segunda participação da fundista brasileira. A maior maratona do mundo está confirmada para  4 de novembro e será disputadíssima. #Maratona #CorridaDeRua #BlogCorridaParaTodos

Adriana Silva/New York Road Runners Divulgação

Adriana é atleta do Esporte Clube Pinheiros, treina com Claudio Castilho, e vai fazer a preparação em altitude, em Mammoth Lakes, na Califórnia (EUA). De lá  vai direto para NYC. “Meu objetivo é melhorar minha marca do ano passado, quando cheguei em 17°, com o tempo de 2h37”, comenta a atleta, que tem 2:29:17 como seu recorde pessoal.

A disputa no feminino da Maratona de Nova York promete ser acirrada. A queniana Mary Keitany já avisou que fará tudo para conquistar o tetra, já que não conseguiu no ano passado, quando a americana Shalane Flanagan venceu. “Fiquei desapontado no ano passado, mas não estava 100% saudável e Shalane fez uma corrida forte. Estou feliz por sua vitória histórica.  Vou treinar mais do que nunca para ganhar meu quarto título da Maratona de Nova York”, dispara Mary.

Mary Keitany/New York Road Runners Divulgação

Além de Shalane e Mary estará competindo a campeã da Maratona de Londres, a também queniana Vivian Cheruiyot e a americana Des Linden, campeã da Maratona de Boston desde ano. “A TCS  Maratona de Nova York deste ano contará com a presença das atletas mais competitivas de todos os tempos “, diz Peter Ciaccia, presidente de eventos da NYRR e diretor da maratona.

A única vez que Mary  terminou em segundo lugar na Maratona de NYC foi no ano passado, depois de ter vencido a corrida nos três anos anteriores. Em 2016, ela teve uma performance dominante e terminou sozinha com 2:24:26. Sua margem de vitória de 3:34 foi a maior da prova feminina desde 1980. Além disso, Mary  é bicampeã do circuito Abbott World Marathon Majors, conquistando os títulos das séries em 2012 e 2016. Em abril de 2017, ela venceu sua Virgin Money London Marathon, com o tempo incrível de 2: 17:01.

New York Road Runners Divulgação

A briga vai ser boa. Só de pensar em  voltar a correr em Nova York, Shalane diz ficar  repleta de lembranças mágicas. “Meu coração salta,  tenho borboletas no meu estômago e minhas palmas ficam suadas. New York City é incrivelmente especial para mim. É onde eu corri minha primeira maratona em 2010, ficando em segundo lugar, e é claro, meu sonho se tornou realidade em 2017, quando ganhei a maratona. Estou entusiasmado por ter a oportunidade, o apoio, a paixão e a saúde para defender o meu título em 2018”, fala a atleta.

A Maratona da Cidade de Nova York da TCS é organizada pelo New York Road Runners (NYRR), a principal organização comunitária de corrida do mundo. A corrida é realizada anualmente no primeiro domingo de novembro e inclui mais de 50 mil corredores, dos melhores atletas profissionais do mundo a corredores de rua amadores de cerca de 140 países.

Que vença a melhor, mas vou torcer muito por nossa Adriana!!!

Mais conteúdo sobre:

maratona