Alimentos para combater o diabetes

Alimentos para combater o diabetes

SILVIA HERRERA

11 Novembro 2017 | 10h10

Esta epidemia global cresceu cerda de  62% nos últimos dez anos no Brasil, confira tudo que vai rolar por conta do Dia Mundial do Diabetes e as dicas do nutrólogo Oswalmir Sá de como se alimentar para não entrar nessa estatística. #diamundialdadiabete #corridaderua #blogcorridaparatodos #nutrição

Na próxima terça-feira, 14 de novembro, acontece o Dia Mundial do Diabetes. Este ano o foco da campanha é a mulher: “Mulheres e Diabetes: nosso direito a um futuro saudável”. Segundo informações da Sociedade Brasileira de Diabetes, a data foi criada em 1991 e se tornou oficial há dez anos pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O dia 14 de novembro foi escolhido por marcar o aniversário de Frederick Banting que, junto com Charles Best, concebeu a ideia que levou à descoberta da insulina em 1921.  No Brasil, a Campanha do Dia Mundial do Diabetes é organizada pela Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), sendo liderada pelo Dr. Márcio Krakauer.

Corridas de rua e caminhadas

No domingo (12/11) vai rolar em Birigui (SP) a sexta Corrida Contra o Diabetes, a largada é às 8h. Haverá teste de glicemia e orientação nutricional. No dia 14 haverá ativações no Parque do Ibirapuera (SP) perto do MAM entre as 10h às 14h, com  palestras, testes de glicemia capilar, colesterol, hemoglobina glicada, medidas antropométricas, pressão, verificação dos pés, exame dos olhos, saúde da mulher, atividades físicas simples e nutrição voltada ao diabetes. Tudo isto orientado por uma equipe médica e multidisciplinar que estará presente no local. Clique aqui para mais informações.

No dia 15/11 pela manhã, no Memorial da América Latina: evento esportivo (corrida, caminhada e passeio ciclístico), em parceria com a Secretaria de Esportes da Prefeitura, participando na Corrida das Américas (etapa do Circuito Caixa da Cidadania – inscrições esgotadas).  E das 20h às 22h no teatro Tom Brasil: show motivacional com artistas (Paulo Miklos, Guilherme Arantes, Paula Toller, Dado Villa-Lobos e Maurício Manieri), que doarão seu cachê à causa do diabetes chamando a atenção do público em geral para prevenção da doença. O show vai ser transmitido ao vivo pelo site da Sociedade Brasileira de Diabetes. Ingressos a partir de R$30.

Também dia 15 vai rolar de manhã caminhada em Joinville (SC), organizada pelo SESC, e em Londrina (PR) – no Aterro do Lago Igapó. No domingo (19/11) às 10h vai rolar a 19ª Corrida para Vencer o Diabetes, em Porto Alegre (RS), realizada pelo Instituto da Criança com Diabetes. Para participar é necessário comprar a camiseta da prova, que custa R$17.

ALIMENTAÇÃO

Agora vamos as dicas do nutrólogo  Oswalmir Sá, da clínica Corpometria. Ele explica que  no tratamento, o uso de medicamento, apesar de essencial, é tão importante como seguir uma dieta específica e balanceada. “No controle do diabetes é importante ter constância na alimentação, manter uma dieta mista e acompanhada por nutricionista, inclusive nos fins de semana, sem exagerar com produtos industrializados, e optar sempre por alimentos in natura ou pouco industrializados”, esclarece.

O médico alerta para alguns erros comuns cometidos na alimentação por quem convive com a doença, que servem de alerta para todo mundo. Dentre eles, trocar produtos naturais por industrializados como os lights e diets; ficar sem se alimentar por muito tempo e depois fazer grandes refeições; e o consumo exagerado de frutas podem prejudicar no tratamento, pois afetam diretamente no controle glicêmico do organismo.

Confira abaixo a seleção do dr Sá dos alimentos que sempre devem estar nas suas refeições:

Feijões – carioca, preto, branco. Contêm diversas vitaminas e minerais como magnésio e potássio, além de fibras. Mesmo contendo carboidratos, os feijões têm muitas proteínas.

Vegetais de folhas escuras – espinafre, brócolis e couve têm vitaminas A, C, E e K, além de ferro, cálcio e potássio. Possuem baixa quantidade de calorias e carboidratos.

Frutas cítricas – laranja, limão, lima, mexerica e outras. Essas frutas, se comidas com bagaço, têm grande quantidade de fibras, além de vitamina C e potássio.

Batata-doce – o carboidrato da batata-doce é de baixo índice glicêmico (não sobe muito rápido o açúcar no sangue), além disso pode ser usada para tentar enganar o desejo de comer doces.

Cerejas e morangos – possuem antioxidantes que combatem o envelhecimento, vitaminas e minerais.

Tomate – é fonte de vitamina C e E. Possuem potássio, além dos antioxidantes que aumentam ou diminuem conforme a forma de preparo.

Peixes com ácidos graxos Ômega 3 – salmão, sardinha, truta e atum. A gordura ômega 3 pode ajudar a reduzir o risco de doenças cardíacas e inflamações. A American Diabetes Association recomenda a ingestão desses tipos de peixes no mínimo duas vezes por semana.

Castanhas – um punhado de castanhas pode nos prover uma boa quantidade de gorduras boas e diminuir a fome. Além disso, possuem magnésio e fibras. Algumas castanhas e sementes como chia e linhaça ainda possuem ômega 3.

Cereais integrais – apenas aqueles que são 100% integrais como aveia, quinoa, farinhas integrais e amaranto. Estes produtos são fontes de magnésio, vitaminas do complexo B, cromo, ferro e folato e são grandes fontes de fibras.

Leite e iogurte – São fontes de cálcio e proteínas. Normalmente opte por leites e iogurtes mais magros e sem adição de açúcar.

 

Mais conteúdo sobre:

nutriçãocorrida de ruadiabetes