Alimentos que melhoram a performance

Alimentos que melhoram a performance

SILVIA HERRERA

30 de março de 2019 | 17h45

Indicados para atletas profissionais, as substâncias ergogênicas têm comprovação científica de eficácia. Conheça quais são.  #nutrição #ergogênese #corridaderua #performance #BlogCorridaParaTodos

A cada ano ouço falar de um alimento milagroso, café, cúrcuma, beterraba. Cada vez é um que está na moda. Tem gente que jura que funciona até em iniciantes. Mas como hoje em dia tem até aplicativo capaz de mudar o rosto das pessoas nos vídeos, quais são realmente as sustâncias ergogênicas? Quem tem esta resposta na ponta da língua é o nutrólogo e médico do esporte Eduardo Rauen. Aliás, se sua meta é correr uma maratona sub 3 horas, ou correr duas maratonas no ano, procure um nutrólogo seis meses antes – a planilha alimentar/hidratação aliada aos treinos é crucial para você atingir sua meta inteiro.

O especialista explica que uma das características comum a substâncias ergogênicas é melhorar a glicogênese, que consequentemente melhora o desempenho no esporte. No entanto, cada uma delas é boa para um esporte diferente.

Mas atenção! Não comece a ingerir nada da lista abaixo para aumentar seu desempenho sem consultar um médico do esporte e ou nutrólogo.  Dr Rauen começa explicando que o treinamento, a manutenção do peso, melhorar a flexibilidade e o alongamento são muito mais eficazes que ingerir substâncias ergogênicas.

“Às vezes, pessoas que estão iniciando uma academia vão atrás destas substâncias, o que não faz muito sentido. Isso só se justifica em atletas de elite”, argumenta o médico. Para os iniciantes, ele sugere primeiro uma boa alimentação, na hora certa, na quantidade certa, para atingir o peso adequado para a modalidade que se pretende fazer. A dica do especialista é: treinar certo, comer certo e, só bem depois, pensar nos ergogênicos.

Tem muita gente que fala dos poderes da cúrcuma. Mas este tempero também conhecido por açafrão da terra não é uma substância ergogênica, e sim um anti-inflamatório. “Há trabalhos interessantes usando cúrcuma e placebo para recuperação dos atletas– após esforço, que mostram uma melhora na sensação de cansaço. É comprovada também sua ação como antioxidante, mas ainda não é comprovada sua eficácia na melhora da performance”, esclarece o médico.

5 suplementos ergogênicos:

Betalamina: ajuda na performance nos esportes de intensidade e explosão. Este suplemento dá sensação de formigamento, de coceira. Usado no futebol, na corrida, na bike.

Bicabornato de Sódio: ajuda o atleta a tolerar a ação do ácido lático. Em exercícios de alta intensidade, alta frequência cardíaca e de explosão há aumento de lactato. Com o bicabornato de sódio, o atleta tolera melhor com isso, consequentemente, há uma melhora de performance.

Café: a cafeína é muito utilizada em provas de endurance. Por exemplo ciclismo, maratona, futebol. Melhora também a concentração.

Creatina: eficaz na melhora da performance nos casos de esportes de curto espaço de tempo e explosão, como 100 metros rasos (atletismo) e 50 metros (natação).

Nitrato: é um vaso dilatador presente na beterraba, melhora o aporte sanguíneo e a performance no esporte, comprovado cientificamente. E usado em forma de suco por muitos.

Tudo o que sabemos sobre:

performancecorrida de ruanutrição

Tendências: