Atletismo ganha uniforme do “futuro”

Atletismo ganha uniforme do “futuro”

SILVIA HERRERA

17 de março de 2016 | 11h47

image011

Em grande estilo, a Nike divulgou em Nova York como será o uniforme olímpico do atletismo do Time Brasil, com muita tecnologia, leveza e garantia de performace. Assim o sonho do ouro olímpico pode ficar um pouco mais próximo da velocista Ana Cláudia Lemos.

Segundo a assessoria de imprensa da marca, além do Brasil, os EUA, Alemanha e China, junto com dez outros países, vão estrear essas tecnologia nos uniformes nacionais de atletismo. O do Brasil vai ser bem colorido, adiantam.

Além disso, o presidente da marca Mark Parker mostrou outras novidades no melhor estilo “De Volta para Futuro”, como um inovador sistema de amarração autoajustável(Nike HyperAdapt 1.0) e uma tecnologia pioneira para o futebol que separa a lama da sola das chuteiras (Nike Anti-Clog Traction). E também o Nike+ teve uma atualização, mas este item vamos analisar depois – vou testar primeiro.

Seguem abaixo as fotos, em primeira mão para os leitores do #corridaparratodos. Agora vamos aguardar  como será o desempenho das feras patrocinadas pela grande empresa norte-americana, da qual o Time Brasil faz parte. Com certeza, a concorrência também deve revelar suas armas secretas em breve.

image013

 

 

Uniformes de atletismo da Nike, Nike Vapor, são feitos a partir de uma tecnologia inovadora e leve – Nike AeroSwift – com poliéster reciclado. O produto foi testado centenas de horas em túnel de vento – o Nike Aero Blades, resultando em maior redução do atrito. “Nos últimos anos nós focamos nos velocistas, mas este ano nós quisemos criar uma inovação que fosse para todos os tipos de corrida – de velocidade à meia distância e maratona, citando apenas alguns”, disse  Ken Preto, diretor Criativo da Nike. Até a meia é nova:  Nike Grip – maximizar a aderência nas áreas que suportam o peso do pé: em torno do calcanhar até a parte dianteira do pé, o que minimiza deslizes na passada.

 

image015

image023

image024

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

NikeRio 2016

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.