Campanha itinerante de doação de sangue está percorrendo São Paulo

Campanha itinerante de doação de sangue está percorrendo São Paulo

Confira todos os locais e quem pode doar

SILVIA HERRERA

21 de fevereiro de 2022 | 14h53

A corrida agora é solidária. Os níveis de sangue dos Hemocentros de todo o país estão em estado crítico. Com a pandemia, as doações caíram drasticamente. E está rolando uma campanha itinerante na Grande São Paulo, com doação agendada pela internet. É a campanha Amor Se Doa, que está coletando doações para o Hemocentro São Lucas.  Se você é saudável, pesa mais de 54 quilos e tem 18 anos ou mais, chegou a horas de doar sangue. Eu mesma acabo de agendar a minha doação.

Podem doar pessoas acima de 18 anos

Apenas 1,8% da população brasileira doa sangue e para estabilizar o estoque de sangue é preciso aumentar essa porcentagem para 3%. Essa ação faz parte do “Multiplique o Bem”, hub de iniciativas adotadas pela Multiplan com o propósito de contribuir com o desenvolvimento social e a qualidade de vida nas comunidades onde os shoppings da Companhia estão presentes.

As próximas paradas são Morumbi Shopping (24 e 25/2), Shopping Santana Park (25 e 26/2), Arena Barueri (26/2), Shopping SP Market (3 e 4/2), Shopping Granja Viana (3 e 4/3), CUFA Paraisópolis (5/3), Anhanguera Park Shopping (7 e 8/4), YAH Church (8/3), Plaza Sul Shopping (9/3), Shopping Penha (10 e 11/3) e Projeto Vida Corrida (14/3). Agende seu horário nesse link: https://linktr.ee/amorsedoa

Os participantes devem estar atentos aos seguintes requisitos: portar documento oficial de identidade com foto; beber bastante água antes da doação e se alimentar bem, evitando apenas alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a coleta; pesar acima de 54kg; não estar em jejum; ter entre 16 e 69 anos — menores de 18, precisam de autorização de um responsável; estar descansado; quem fez tatuagem, só pode participar após 12 meses; e vacinados com Coronavac devem aguardar 48 horas para realizar a coleta. As demais, a espera é de 7 dias.

Tudo o que sabemos sobre:

doação de sangueação solidária

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.