Coronavírus: Maratona de Boston 2020 será virtual

Coronavírus: Maratona de Boston 2020 será virtual

Pela primeira vez na história, esta maratona centenária será virtual

SILVIA HERRERA

13 de março de 2020 | 12h28

A 124ª edição da Maratona de Boston (EUA), marcada para 20 de abril, foi adiada para 14 de setembro de 2020, por conta da pandemia de coronavírus. E a organização acaba de divulgar que ela será, pela primeira vez na história, virtual. Estão inscritos  31.500 corredores de 112 países e de todos os 50 estados dos EUA. Todos os inscritos vão receber o reembolso das inscrições e podem participar da maratona virtual, que poderá ser feita durante o dia 14 de setembro, em qualquer horários. E outra novidade, serão aceitos os tempos mínimos exigidos para a maratona deste ano na edição 2021. As inscrições para a 125ª etapa abrirão em setembro.

 

Maratona de Boston é uma das seis majors

A maratona virtual vai contar com uma série de desafios, que vão ser postados em setembro, e em breve todos os inscritos vão receber todas as informações detalhadas. “Nossa prioridade é a saúde e a segurança de todos, participantes, voluntários, staff, publico e apoiadores”, explicou Tom Grilk, CEO da prova, em mensagem enviada aos inscritos na tarde dessa quinta-feira, 28 de maio. Os inscritos estão automaticamente validados para a prova virtual, e quem deseja poderá cancelar sua participação e pedir o estorno do valor da inscrição.

Anteriormente,  a  Boston Athletic Assossiation (BBA) – responsável pela maratona, divulgou nota em seu site, explicando que a decisão foi tomada com base nas recomendados do governador Charlie Baker, que declarou no dia 10 de março estado de emergência em Massachusetts, e do prefeito de Boston Martin Walsh. “A missão da BAA é promover a saúde através do esporte, principalmente a corrida, e ela guia nossa organização há mais de um século. Em colaboração com nossos muitos parceiros, esperamos receber o corredores de todas as partes do mundo em Boston em setembro, em comemoração a 124ª Maratona de Boston ”, declarou Tom Grilk, ceo da BAA.

Estavam confirmados nesta maratona 75 atletas de elite de 17 diferentes países. Desde 1970, a organização exige comprovação de tempo mínimo para participar dessa maratona, exceção para os habitantes da cidade de Boston, convidados e quem corre por uma entidade de caridade parceira. Mesmo com 31.500 inscritos, 3.161 corredores – com tempo mínimo atestado – ficaram de fora. O critério de seleção é velocidade. Por exemplo, homens entre 18-34 tem que ter tempo máximo de 3 horas cravadas. E para as mulheres da mesma idade – 30 minutos a mais. Quanto menor for o tempo comprovado de conclusão dos 42km mais chances de ser classificado para esta prova, que  passa por oito cidades e a chegada é em Boston.

Tudo o que sabemos sobre:

Maratona de Bostoncoronavírus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.