Corra 10K treinando 3 meses

Corra 10K treinando 3 meses

SILVIA HERRERA

11 Junho 2018 | 08h54

Com muita fisioterapia, musculação e treinamento consegui bater a meta de dezembro, do #ProjetoRunning4Ever dia 3 de junho, e sem dores! Veja como. #BLogCorridaParaTodos #fisioterapia #treinamento #corridaderua #gyrotonic

No ano passado me lesionei, ganhei uma inflamação na patela e três meses sem poder treinar. A conclusão da ressonância magnética tem duas páginas. O ortopedista disse que tomando os devidos cuidados poderia retornar aos treinos, mas correr no máximo 5K. Foi o que fiz e contei no #Desafio5Koretorno. Clique aqui para ver.

Este ano desafiei a fisioterapeuta Roberta Quinn (foto acima) a me ajudar a correr 10K em dezembro, junto com meu treinador Murilo Groschitz Ruas Almeida, da Run&Fun/Mizuno (foto abaixo) e fortalecimento na Blue Fit Academia. Eles toparam. Fiz minha lição de casa e no dia 3 de junho, na Family Run da Maratona do Rio, quando era para eu atingir a meta de 6KM corri 10K!! Sem dores!! O tempo total foi de 01:11:21. Longe do meu recorde pessoal: 50 minutos (2004). Pace de 07:11. Fiquei mega feliz. Minha próxima corrida será uma 7,5K, dia 1º de julho, perna menor da New Balance 15K, com largada no Shopping Eldorado, na zona oeste da capital paulista.

Estou me dedicando e fazendo a lição de casa. Todo dia faço os movimento que a fisio me ensinou, duas vezes por semana musculação e três vezes por semana treino de corrida, e mais um sessão de gyrotonic semanal. Os resultados estão aí. Agora quero mais: 21k em vez dos 10K em dezembro, na Reggae  Marathon

O trabalho de fisio com gyrotonic é focado em corrida. “É um método de condicionamento físico e de reabilitação holístico observando a biomecânica dos movimentos e a fisiologia”, explica Roberta.

 

Este mês Roberta focou no fortalecimento da pelve, com mobilizações e fortalecimento pelos movimentos integrados do coxo femural e das vértebras. Nenhuma sessão é igual a outra e os exercícios, aparentemente simples, são desafiadores. Minha postura e equilíbrio muscular melhoraram muito. Na corrida, ainda manco um pouquinho, bem pouquinho. Aprendi como aliviar a como aliviar os joelhos durante a corrida e como melhorar as passadas. O corpo é trabalhado por inteiro e as mobilizações da cintura escapular estão sendo feitas. “Esta é a região que a maioria dos corredores acumula as tensões, o que pode prejudicar a performance na corrida e no pós-treino podem desencadear dores”, destaca a fisio. Como prevenção fizemos exercícios preventivos da articulação do quadril com alongamento miofacial ativo do músculo iliopsoa.

Parceiros

Blue Fit Academia: bluefit.com.br

Roberta Quinn: www.robertaquinn.com.br

Run&Fun (Mizuno): www.runefun.com.br

Confira no vídeo abaixo como foi o terceiro mês do #ProjetoRunning4Ever

 

Mais conteúdo sobre:

corrida de rua