Corra por aqueles que ainda não podem

Corra por aqueles que ainda não podem

SILVIA HERRERA

22 de fevereiro de 2019 | 15h31

Este é o slogan da corrida de rua global Wings for Life World Run, que este ano terá nova largada e percurso na edição brasileira e também velocidade diferente do catcher car. O valor total da inscrição é doado para a pesquisa da medula espinhal. #wingsforlifeworldrun #corridaderua #corridabeneficente #BlogCorridaParaTodos

Em 2018, mais de 100 mil pessoas fizeram inscrições em uma das provas espalhadas por 66 países e, juntas, somaram 934.484 km percorridos, arrecadando €3 milhões. No Brasil, mais de 3 mil pessoas se inscreveram, entre eles, atletas e famosos como Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank, Lais Souza, Carlos Burle e Pedro Scooby.

A corrida de rua global vai largar às 11h UTC (8h de DF ) dia 5 de maio. No Brasil será no Rio de Janeiro, agora do Leblon, não mais do Recreio dos Bandeirantes. O percurso segue em direção a Ipanema, Arpoador, Copacabana e Aterro. Os inscritos ainda percorrerão pelo centro da cidade, fugindo do chamado catcher car, carro que persegue os participantes ao longo do trajeto e que funciona como uma linha de chegada móvel. Quem preferir poderá correr em qualquer lugar do mundo, sozinho ou com os amigos, via app e também doar o valor da inscrição.

Outra novidade é a de que o Catcher Car terá mudanças na sua velocidade. Até 21km, não haverá alterações, ao passo que até 42km, o aumento será mínimo. Contudo, para distâncias maiores, o veículo ficará mais rápido. Pelo pace, o corredor consegue projetar até onde irá na prova pelo site https://www.wingsforlifeworldrun.com/de/en/goal-calculator/

A corrida de rua será presencial em 11 destinos no total: Rio, Sunrise (FLO/EUA), Taichung (Taiwan),  Ismir (Turquia), Zug (Suíça), Pretória (África do Sul), Poznan (Polônia), Munique (Alemanha), Kakheti (Georgia), Zadar (Croácia), Melbourne (Austrália), Viena (Áustria). As inscrições já estão esgotadas em Viena. A inscrição custa 130 reais – mais 18, 53 reais de impostos.  Inscrições:  http://www.wingsforlifeworldrun.com/br/pt-br/ .

No app são mais 100 destino. Estão todos no site.  No Brasil, será em Eusébio, no Ceará. Com seu formato único, os participantes correm o quanto conseguirem até serem ultrapassados pela linha de chegada móvel, o “Catcher Car”, que larga 30 minutos depois dos competidores e vai aumentando de velocidade gradativamente. Esse conceito permite que qualquer um participe do evento, independentemente do nível de treinamento. No ano passado cheguei no 9km.

Desde 2014, quando foi lançada, a Wings for Life World Run já contou com mais de 500.000 pessoas de 193 nacionalidades em mais de 66 países dos sete continentes.

Sobre a Fundação Wings for Life

 

No mundo todo, milhões de pessoas dependem de cadeira de roda depois de sofrerem algum tipo de lesão medular, geralmente relacionada a acidente de carro ou a quedas. A Wings for Life é uma Fundação sem fins lucrativos voltada para pesquisas da medula espinhal, com o objetivo único de encontrar a cura para isso. Desde 2004, a Wings for Life financia pesquisas, projetos e testes clínicos ao redor do mundo. Enquanto a cura ainda não foi encontrada, 100% do valor arrecadado com as inscrições da Wings for Life World Run ajudarão essas pesquisas. Já são 67 pesquisas sendo financiadas em 15 países. Cada passo dado na Wings for Life World Run é um passo na direção certa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.