“Correr 42 KM abaixo de 2 horas será como pisar na Lua pela 1ª vez”

“Correr 42 KM abaixo de 2 horas será como pisar na Lua pela 1ª vez”

Esta frase é de Eliud Kipchoge que pretende ser o maratonista mais rápido de todos os tempos.

SILVIA HERRERA

14 de agosto de 2019 | 15h03

O queniano Eliud Kipchoge já é um ícone das maratonas. Além de ser o atual recordista mundial desta distância, por apenas 26 segundos o fundista profissional não conseguiu correr abaixo das 2 horas em uma tentativa promovida pela Nike, há dois anos.  Nesta quarta-feira, 14 de agosto, ele concedeu entrevista coletiva em Viena (Áustria). #maratona #recorde #INEOS1:59 #eliudkipchoge

Eliud Kipchoge

Este ano, Kipchoge abriu mão do calendário oficial de competições para treinar para esta tentativa de quebra de recorde, batizada de INEOS 1:59 que tem tudo para ser lendária. O evento, bancado por um milionário britânico,  será em um parque de Viena, entre 12 e 20 de outubro – quando a condição climática for a mais favorável.

Conversando com os jornalistas, exatamente dois meses antes do feito, Kipchoge reafirmou que tem chances reais de ser o primeiro homem na história da Humanidade a correr uma maratona (42,1 KM) em 1 hora e 59 segundos. A ideia é quebrar a barreira das 2 horas, que alguns médicos acreditam ser impossível. Aliás, até os anos 1960, os médicos também acreditavam que seria fatal para uma mulher correr esta distância. “Tenho certeza que farei história em Viena, será um feito comparável à primeira vez que o homem pisou na Lua, conquista que acaba de completar 50 anos”, disse.

Ele sabe que muita gente duvida disso, pior, acham impossível. “Respeito a opinião deles, eles deveriam respeitar a minha”, alfinetou o campeão. E prosseguiu: “Meu time e eu acreditamos que é possível e vamos provar que essa turma está enganada.”

Assisti a tentativa do Breaking 2 da Nike. O time de comunicação brasileiro fez um baita evento para a transmissão ao vivo em São Paulo. Era de madrugada e estava bem frio. Tenho até hoje a mantinha que deram de brinde. Nunca 26 segundos foram tão demorados. A tentativa foi no Autódromo de Monza (Itália), com a participação de times de coelhos se revezando. Mesmo não conseguindo correr abaixo de 2 horas, o fundista finalizou a prova sorrindo e com muita elegância. Sinceramente, ele é o cara!

Com a experiência adquirida em Monza, com toda a estrutura da Nike a disposição – inclusive foram criadas novas tecnologias em calçados esportivos para esse feito, Kipchoge afirmou que essa derrota lhe deu a confiança necessária para tentar de novo. “Em Monza, eu era como um boxeador que vai pro ringue e não faz a menor ideia do que pode acontecer durante a luta. Mas agora eu estou preparado e sei o que pode acontecer”, compara. Aliás, depois da tentativa frustada em Monza, Kipchoge quebrou o recorde mundial, com a marca de 02:01:39, em Berlim (2018). Mais, muito mais. Aos 34 anos, ele é campeão olímpico, campeão mundial e já venceu por oito vezes o campeonato das Maratonas Majors, com quatro vitórias só na Maratona de Londres.

Eliud Kipchoge

Mas para ele, ser o primeiro homem a correr uma maratona abaixo de 2 horas, mesmo que o feito não seja homologado pela federação por não ser em uma maratona oficial – vale muito mais.  “Estabelecer este recorde é muito mais importante do que qualquer outro dos meus títulos. É entrar para a história do esporte mundial, serei o primeiro homem do mundo a correr 42km em menos de 2 horas. É deixar um legado, inspirar mais e mais pessoas. Minha mensagem para o mundo é que não há limites para o ser humano”.  Agora é esperar outubro chegar. Eu aposto que este queniano porreta vai sim entrar para a história.

 

Tendências: