Corridas de rua estão liberadas em Santa Catarina

Corridas de rua estão liberadas em Santa Catarina

Portaria estadual define critérios da retomada dos eventos esportivos

SILVIA HERRERA

16 de junho de 2021 | 08h46

Acaba de ser  publicada no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina a portaria número 620 que libera a retomada das corridas de rua, seguindo protocolo de segurança sanitária. Com isso está prevista para 1º de agosto, a Corrida de Verificação de Protocolo- Santa Catarina, que será realizada em São José, organizada pela Associação Brasileira dos Organizadores de Corridas de Rua e Esportes Outdoor (Abraceo), entidade protagonista para esse retorno desse estado. A portaria,

Documento

, é da Secretaria Estadual de Saúde em conjunto com a Fundação Catarinense de Esporte.

2ª Corrida da Verificação de Protocolo da Abraceo

A primeira corrida de verificação de protocolo para a retomada dos eventos esportivos foi na capital paulista, dentro do Sambódromo do Anhembi, em outubro de 2020, uma corrida fechada para 150 convidados.  “A segunda edição da corrida para verificação de protocolo é uma ‘evolução’ do evento que aconteceu em São Paulo. Aqui teremos um evento na rua, para 400 corredores,  metade de convidados e outra metade de corredores oficialmente inscritos, para podermos verificar  o comportamento do cidadão comum”, explica Marcos Pinheiro, vice-presidente da Abraceo, entidade protagonista da retomada em SC . “A publicação dessa portaria uma super vitória”, afirma Pinheiro.

Será uma corrida de 5km, que a princípio seria realizada em 20 de junho, mas a matriz de risco potencial de transmissão evoluiu para gravíssimo e a prova teve que ser adiada. Todas as 200 inscrições foram vendidas, todos estão automaticamente confirmados para a nova data, mas quem preferir poderá ter o valor da inscrição 100% reembolsado. E os atletas confirmados vão receber como cortesia, uma outra inscrição para uma prova em sua região. Se houver desistência de inscritos será aberta nova fase para inscrição.

Todos os participantes devem preencher questionário Médico sobre Covid 19 no momento da inscrição, e só poderão participar os atletas selecionados após análise de questionário prévio, que estiverem em perfeita condição de saúde. Estes participantes serão monitorados durante 14 dias após a corrida para que sejam avaliados eventuais riscos de contaminação do coronavírus. Não podem participar menores de 18 anos e portadores de deficiências.  Somente serão aceitas as inscrições de atletas com mais de 60 anos, devidamente vacinados com as duas doses, sendo a segunda com período acima de 20 dias.

A corrida terá duas largadas, cada uma com 200 corredores. Uma às 7h e a outra às 9h. Será obrigatório o uso de máscara por todos os participantes e membros do staff durante todo o evento, inclusive durante a corrida. Atletas sem máscara serão retirados da prova. Todos terão a temperatura corporal aferida para entrar no evento, pessoas com temperatura superior a 37,5 ºC terão a participação vetada. Não haverá público. Familiares a amigos poderão acompanhar a corrida online.

Para evitar aglomerações, não haverá guarda-volumes ou locais para alimentação. Os banheiros químicos serão limpos constantemente e serão disponibilizados recipientes abastecidos com álcool gel 70% para higienização das mãos em locais estratégicos.

Na chegada, cada atleta receberá uma máscara nova, para troca da usada na prova, e álcool em gel. Os resultados serão enviados digitalmente.

A princípio a corrida seria realizada dia 6 de junho, mas em reunião em 28 de maio, com os órgãos públicos decidiram realizar 20 dias depois e faltava a publicação desta portaria para a confirmação do evento. No entanto, o município entrou na fase gravíssima de transmissão a três dias da realização e foi adiada para 1º de agosto. Segundo as regras, na fase gravíssima só são liberados eventos esportivos com até 200 participantes. O objetivo dos protocolos de segurança  é definir condutas específicas necessárias diante do contexto atual de enfrentamento à situação provocada pela circulação do coronavírus no país.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

protocoloAbraceoSanta Catarina

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.