Dicas de campeão para treinar em casa

Dicas de campeão para treinar em casa

Confira a entrevista com Florian Neuschwander, ultramaratonista alemão recordista mundial dos 50K em esteira

SILVIA HERRERA

21 de abril de 2020 | 10h45

Em fevereiro desde ano, o ultramaratonista alemão Florian “Flow” Neuschwander (RedBull), 38 anos, baixou em 2 minutos o recorde mundial de 50Km em esteira,  com a marca de 2h57min25. Por dois anos seguidos, 2015 e 2016, ele venceu a Wings For Life World Run na Alemanha, com as distâncias de 75,5km e 63,66km respectivamente. E  já que todo mundo está confinado e treinando em casa, aproveitamos para entrevistá-lo e pedir dicas. Confira abaixo.

Florian Neuschwander- Henner Thies/Red Bull Content Pool

Neste momento, o mundo está sofrendo com a Covid-19. Você segue treinando? O que teve de mudar na sua rotina de treinamento? Conte-nos mais sobre a sua rotina.
Florian Neuschwander – Sim, eu corro quase todos os dias (em casa) e, atualmente, eu estou em boa forma. Escuto meu corpo e, se estou cansado, faço sessões mais leves. Eu corro menos quilômetros toda semana, algo em torno de 80 a 120 km. Antes, eu sempre corria de 120 a 180 km ou algo parecido.  Corro menos, mas os exercícios e as sessões que faço são rápidas e muito produtivas. Por fim, faço ciclismo indoor como forma de recuperação ativa.

Você conquistou um expressivo recorde mundial recentemente. Quais são as dicas para correr em esteira que  poderia compartilhar conosco?
Florian Neuschwander – Os treinos na esteira são sempre bons para mim. Quero dizer, você pode correr em um pace constante. Quando o tempo está chuvoso, frio ou está ventando muito lá fora, você pode correr de shorts e camiseta (na esteira). E também é bom para o treinamento mental. Não é fácil correr 30 km ou mais na esteira, mas quando você consegue, gera uma boa sensação e os 30 km lá fora vão ser muito mais fáceis depois. Na preparação para o meu recorde mundial, eu fiz dez corridas de 30 km e duas maratonas na esteira. Tudo isso muito próximo do pace que marca o recorde mundial. Além disso, também uma (corrida) de 55 km e uma ultra de 60 km ao ar livre. Por fim, ainda uma longa corrida (100 km) indoor de bicicleta. Isso foi difícil, mas agora eu tenho uma grande resistência e força mental. (Leia abaixo 5 dicas)

Quanto tempo você levou para alcançar esse recorde? Você vislumbra outros recordes?
Florian Neuschwander  – Treinei muito forte durante 12 semanas, como se fosse uma preparação para maratona. Este ano, eu queria me classificar para o campeonato mundial de 100 km, mas a minha corrida de classificação (o torneio alemão) foi cancelada, assim como outros eventos esportivos, por causa da Covid-19. Mas, tenho de aceitar, pois todo atleta precisa lidar com isso. Eu sempre olho para frente e sigo correndo. Tenho alguns recordes para quebrar, sim: recorde alemão de 100 km na estrada; recorde mundial de 100 km na esteira; e, neste momento, eu estou tentando quebrar o meu recorde pessoal para os 10 km, meia-maratona e maratona. E é o meu desafio para as próximas semanas.

Quais são as diferenças de correr em esteira e na pista? Qual você prefere?
Florian Neuschwander – Para mim, correr lá fora é muito mais fácil. Você tem ar fresco e, mentalmente, não é tão difícil. Eu gosto muito de esteira, especialmente quando o clima lá fora é ruim, e eu amo correr bem rápido na esteira. Mas, como te disse, correr ao ar livre é melhor. E é mais rápido também. Em um ambiente fechado, você fica muito suado e perde muito líquido, então, acredito que seja mais difícil. Se você comparar o meu recorde mundial de 50 km na esteira (2h57m25s) com o meu recorde na rua (2h52m18s), você verá que eu corri mais cinco minutos.

Como é a sua alimentação antes, durante e depois dos exercícios?
Florian Neuschwander – Eu sou vegano, então, sempre tenho uma comida saudável. Pela manhã, antes do meu treinamento ou competição, apenas coisas normais. Pão com manteiga (vegana) ou manteiga de amendoim (vegana). Talvez, uma banana ou barra de aveia. Café e água. Durante o treinamento ou corrida, apenas bebidas isotônicas, que funcionam como géis. Eu não gosto de géis. E, no final da corrida ou treinamento, Red Bull com água para dar o último gás. Depois de uma sessão forte, eu como tudo o que eu quero.

É muito comum que as pessoas comecem a correr nas esteiras das academias. Como você começou? Quais são os erros mais comuns de quem quer começar no esporte?
Florian Neuschwander  – Comecei como corredor de pista. Eu disputava provas de 800 m até 10.000 m. Tornei-me, duas vezes, vice-campeão do Campeonato Alemão. Mas, agora, eu gosto mais de longas distâncias e ultras. Dica para as pessoas que quiserem começar: muitas pessoas começam muito rápido. Depois de apenas alguns meses de treinamento ou um ano, muitas pessoas querem correr uma maratona. Mas, para a maioria, é muito cedo. Eu fiz a minha primeira maratona oito anos depois de um treinamento profissional, então, tinha uma grande base de resistência. É como as coisas deveriam ser. Se você não tem uma boa base, o risco de lesão é alto. Algumas pessoas podem fazer isso facilmente e correr uma maratona, mas a maioria dos iniciantes, cedo ou tarde, ficará frustrada, machucada ou algo do gênero quando começam muito cedo e muito forte com longas distâncias. E os corredores são muito competitivos! O corpo precisa de recuperação para estar bem. E muitos corredores não fazem isso corretamente.

Qual mensagem você gostaria de deixar para os seus fãs ao redor do mundo?
Florian Neuschwander  – Manter-se saudável e em forma são as coisas mais importantes. Tente descobrir o melhor de você em você mesmo. Tente coisas novas. Divirta-se. Não se estresse muito. Correr é apenas um esporte e você não precisa acreditar em tudo o que você lê nas revista, na internet ou em outro lugar. Tenha sua própria opinião.

5 DICAS DE FLOW @runwiththeflow

1- Treina na esteira

2- Pedale no rolo. Eu uso o Zwift (aplicativo) e posso pedalar ao lado de amigos e outras pessoas ao redor do mundo de modo virtual.

3- Faça as lives de ginástica no Instagram ou as aulas do YouTube, Há treinamentos completos.

4- Use o tempo da quarentena para se recuperar de lesões e se prevenir delas. Eu tomo banho quente com óleo de arnica. Relaxe e tenha calma. Neste momento, para mim, relaxar é mais importante, se eu não posso correr.

5- No final e o mais importante: mantenha a calma. Pense positivo. Pensamento positivo é muito importante. Mantenha a cabeça erguida. Sonhe e vislumbre grandes corridas que vão chegar no final do ano. Relaxe. Assista filmes sobre corrida. E esteja conectado com a sua família e amigos. Ajude-os.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.