Maratona de São Paulo: largada e chegada no Parque do Ibirapuera

Maratona de São Paulo: largada e chegada no Parque do Ibirapuera

Entrega do kit de participação será no Shopping Light

SILVIA HERRERA

07 de março de 2022 | 14h30

Depois do hiato de dois anos por conta da pandemia do coronavírus, a Maratona Internacional de São Paulo volta a ser realizada. A 26ª edição, com provas de 42 km, 21 km e 5 km, será no dia 10 de abril, com novidades: a principal delas é que o evento retorna ao seu tradicional trajeto e terá todas as largadas e chegadas no Parque do Ibirapuera. O objetivo dessa edição não será competitivo, mas sim celebrar a vida, por isso a organização abriu mão de convidar a elite e não haverá premiação em dinheiro, apenas troféus para os cinco primeiros. E outra novidade, a prova vai ser transmitida ao vivo, no canal da Yescom no YouTube.

Maratona de São Paulo volta a seu percurso tradicional

Ao longo de sua história, a prova conseguiu tempos bastante expressivos, com destaque para o feito do brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima (BRA), que estabeleceu o recorde em 2002, com 2h11min19s, e a queniana, Rumokol Chepkanan, com 2h31min31s, em 2012. Desta vez, sem a elite, será uma oportunidade para os amadores sentirem o gostinho se subir no degrau mais alto do pódio. Aliás, os atletas da elite que quiserem competir devem entrar em contato com a organização.

O retorno ao percurso tradicional só foi possível após a liberação do trajeto pelos órgãos competentes, o que facilitará a logística de acesso para os participantes, e voltará a ser mais rápida, evitando as subidas da 23 de Maio e Elevado (Minhocão). Já a entrega do kit e do chip será realizada no Shopping Lightnos dias 6, 7 e 8 de abril, das 10h30 às 20h, e no dia 9 de abril, das 10h30 às 17h30. Para a retirada do kit, os corredores deverão apresentar carteira ou comprovante de vacinação completa contra a Covid-19, impressa ou digital no formulário oficial do SUS ou governo de sua cidade ou seu país, de acordo com o Decreto Nº 60.989 da Prefeitura da Cidade de São Paulo. Não haverá entrega de kit no dia da competição e nem após a mesma.

As inscrições seguem abertas e podem ser feitas no site oficial da prova, www.maratonadesaopaulo.com.br, no qual estarão à disposição todas as informações sobre prazos e valores. O kit básico, sem camiseta custa R$ 90; o com camiseta, R$ 145; e o Premium R$ 265. Para a maratona são 7.500 vagas no total; para a meia, 9 mil; e para os 5k, 1.500.

Percurso da Maratona

Largadas

Para a maratona a programação será a seguinte: 1ª onda – 6h10, Categoria Cadeirantes; 2ª onda – 6h15, Categorias Elite A/B, masculino e feminino. A partir daí serão três ondas3ª onda – a partir 6h20min; 4ª onda – a partir das 6h25; 5ª onda – a partir das 6h30.

A 26ª Maratona Internacional de São Paulo – Special Edition é uma realização e organização da Yescom, com patrocínio de Comgas, Olympikus, NewOn, Assaí, Smart Fit, Dois Cunhados e Itambé, e patrocínio especial de You Mercados Esportes, 3 Corações, Adria e Powerade. O apoio é de Cosan, Montevérgine, Atrio, Rikan, Movimento Plástico Transforma, Bioleve, Bendita Cânfora e Shopping Light. A supervisão técnica é da CBAt, FPA e World Athletics e o apoio especial da Prefeitura da Cidade São Paulo e Governo do Estado de São Paulo.

Medalhas da 26ª da Maratona Internacional de São Paulo

Campeões da Maratona de São Paulo (Masculino / Feminino)

2019 – Kimani Irungu (QUE), 2h18min32seg / Sifan Melaku Demise (ETH), 2h35min03seg

2018 – Solonei da Silva (BRA)m 2h15min55s/Andréia Hessel (BRA), 2h40min07s

2017 – Paul Kimutai (QUE), 2h17min56s/ Leah Jerotich (QUE), 2h41min58s

2016 – Paul Kimutai (QUE), 2h17min14seg/Alice Kibor (QUE), 2h35min56seg

2015 – Asbel Kipsang (QUE), 2h15min15s/Carolyne Komen (QUE),2h35min51s

2014 – Paul Kangogo (QUE), 2h14min16s/Rumokol Chepkanan (QUE), 2h42min27s

2013 – Stanlei Koech (QUE), 2h16min07/Samira Raif (MAR), 2h38min23s

2012 – Solonei da Silva (BRA),2h12min25s/Rumokol Chepkanan (QUE),2h31min31s*

2011 – David Kemboi (QUE), 2h11min53s/ Samira Raif (MAR), 2h36min01

2010 – Stanley Biwott (QUE), 2h11min21s/Marizete Moreira (BRA), 2h39min26s

2009 – Elias Chelimo (QUE), 2h13m59s/ Marizete Moreira (BRA), 2h42m24s

2008 – Claudir Rodrigues (BRA), 2h17m07s/Mª Zeferina Baldaia (BRA), 2h42m20s

2007 – Reuben Chepkwek (QUE), 2h16m05s/ Jacqueline Chebor (QUE), 2h40m12s

2006 – Rotich Solomon (QUE), 2h15m15s/ Margaret Karie (QUE), 2h39m24s

2005 – José Teles (BRA), 2h19m47s/ Márcia Narloch (BRA), 2h40m39s

2004 – Franck Caldeira (BRA), 2h17m30s/ Margareth Karie (QUE), 2h40m10s

2003 – Genilson da Silva (BRA), 2h16m26s/Mª do Carmo Arruda (BRA), 2h39m12s

2002 – Vanderlei de Lima (BRA), 2h11m19s*/ Mª Zeferina Baldaia (BRA), 2h36m07s

2001 – Stephen Rugut (QUE),2h14m30s/ Marizete Rezende (BRA), 2h38m57s

2000 – David Ngetich (QUE), 2h15m21s/ Márcia Narloch (BRA), 2h40m15s

1999 – Paul Yego (QUE), 2h15m29s/Márcia Narloch (BRA), 2h37m20s

1998 – Diamantino dos Santos(BRA), 2h16m55s/ Viviane Oliveira (BRA), 2h39m58s

1997 – Emboici Cheruiyot (QUE), 2h17m07s/ Viviany Oliveira (BRA), 2h42m13s

1996 – Chalam El Maali (MAR), 2h15m21s/ Janete Mayal (BRA), 2h41m40s

1995 – Luiz A. dos Santos (BRA), 2h17m11s/Ilyna Nadezhda (RUS), 2h49m33s

Tudo o que sabemos sobre:

Maratona de São Paulomaratona

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.