Maratona Sub 2 – capítulo 2

Maratona Sub 2 – capítulo 2

SILVIA HERRERA

08 de março de 2017 | 08h16

SU17_Breaking2_Camp3_Monza-8696_copy_native_600

O Grande Prêmio da fórmula 1 começa 26 de março na Austrália, mas a terça-feira (7/3) foi bem agitada em outro circuito, o de Monza, na Itália. É que o local foi escolhido para a tentativa de quebra de recorde de outra modalidade – da maratona – para 01:59:59, ou seja baixar em quase 3 minutos a marca atual (02:02:57).

Collage-R1-2b_native_600

A Nike levou um exército para mostrar para a imprensa os motivos para a escolha do local (a data da tentativa será definida em breve e deve ocorrer até junho deste ano) e que o modelo de calçado que está sendo desenvolvido, o Nike Zoom Superfly Elite, pode aumentar em até  4% a performance do atleta, por conta de sua nova entressola com fibra de carbono posicionada geometricamente, que atenuaria a energia perdida nas passadas; entre outras inovações. Segundo o The Guardian, o modelo foi patenteado há um e a IAAF (Federação Internacional de Atletismo) vai se posicionar em duas semanas, em um encontro em Zaragoza (Espanha), se correr com esse protótipo e outros de outras marcas que também prometem o mesmo seria ilegal ou legal.

map-Mlogo-01_copy_native_600

Os fundistas escalados pela Nike são Eliud Kipchoge, Lelisa Desisa e Zersenay Tadese. Ontem correram no circuito, que tem asfalto impecável, com alguns pacers – um pelotão em formato de diamante. Correram a metade da maratona, 21k. Como cada volta tem 2,4km e eles correram 17,5 voltas, assim facilitando a hidratação e a observação do desempenho dos atletas pelo time de profissionais que estão envolvidos no projeto. O clima estava ameno, com 12 graus centígrados e pouco vento. Kipchoge foi o mais rápido com 59:17 ou 59:18 – segundo a Track&Field News. Apenas a título de comparação, o recorde mundial dos 21k é de 58:23 (2010).

O nome do projeto da Nike é Breaking 2. Se for quebrado o recorde, a IAAF deve ratificar a marca, mas ainda é uma incógnita se será oficializado, já que não será feito em uma maratona certificada pela federação.

Nike_Zoom_Vaporfly_Elite_JPEG_native_600

Também no evento, a marca mostrou três novos modelos para corridas de longa distância que devem chegar em junho nas lojas em todo o mundo: Nike Zoom Vaporfly 4%, Nike Zoom Fly e Nike Air Zoom Pegasus 34.

A Nike corre contra o tempo, já que outra marca propôs o mesmo desafio. #CorridaParaTodos #DesafioMaratonaSub2

 

Tudo o que sabemos sobre:

maratonaBreaking 2

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.