Meia Maratona de São Paulo: Prefeitura exige Passaporte da Vacina na retirada dos kits

Meia Maratona de São Paulo: Prefeitura exige Passaporte da Vacina na retirada dos kits

Última edição foi em 2020 com vitória brasileira

SILVIA HERRERA

02 de fevereiro de 2022 | 16h26

Demorou muito, mas finalmente está chegando a 15ª Meia Maratona Internacional de São Paulo, que será Special Edition por juntar as edições 2021 e 2022. A prova está marcada para 13 de fevereiro. E atenção, os participantes devem apresentar Passaporte da Vacina na retirada do kit, dias 11 e 12. Regra que obedece o Decreto Nº 60989 de 06/01/2022, publicado no Diário Oficial do Município de São Paulo: somente poderão ter acesso ao local de retirada de kit, bem como receber seu kit, os atletas que apresentarem o Passaporte da Vacina, impresso ou digital, comprovando no mínimo duas doses da vacina.

 

Meia Maratona de São Paulo reunia dezenas de milhares de corredores antes da pandemia

O uso de máscara será obrigatório na retirada do kit. No dia da competição o uso será obrigatório até a largada e após a chegada, e recomendado durante a corrida. A participação dos atletas estará vinculada ao cumprimento do protocolo sanitário definido pela Prefeitura de São Paulo. E só terão  acesso ao local de retirada de kit, bem como receber seu kit, os atletas que apresentarem o Passaporte da Vacina, impresso ou digital, comprovando no mínimo duas doses da vacina. Valerão os formulários do SUS ou do Governo de sua cidade ou seu país. Caso a carteira ou comprovante de vacinação contra a COVID-19 não seja apresentado acompanhado do documento de identificação, o atleta não poderá acessar o local e o kit não será entregue, sendo que o mesmo poderá voltar a qualquer momento com os referidos documentos enquanto a entrega de kit estiver aberta ou enviar os documentos citados através de um terceiro seguindo as regras do item 13 do regulamento para entrega de kits a terceiros. Essa regra se estende também ao staff e prestadores de serviços. É obrigatório o uso de mascará para retirada dos kits.

A entrega de kits acontecerá nos dias 11, das 10h30 às 20h30, e 12, das 10h30 às 17h, no 3º andar do Shopping Light – Rua Cel. Xavier de Toledo, 23, Centro. O local próximo às estações Anhangabaú e São Bento do Metrô. E A meia maratona terá  largada e chegada na Praça Charles Miller, s/n, no Pacaembu, após percorrer as principais ruas e avenidas da capital paulista. Também fará parte da programação a prova de 5 km, para aqueles que estão voltando a correr, me incluo nesse time.

O evento deste ano também repetirá alguns dos protocolos sanitários adotados em eventos como a Volta Internacional da Pampulha e Corrida de São Silvestre, que são também organizados pela Yescom. A pedido dos órgãos competentes, não contará, por exemplo, com guarda-volumes nem local para a montagem de tendas das assessorias esportivas. As duas ações visam evitar aglomerações. O acesso ao evento será permitido apenas aos atletas, sem acompanhantes.

A última edição desta competição  foi em fevereiro de 2020, um pouco antes da pandemia do coronavírus chegar ao Brasil. E contou com vitória de Danielzinho Nascimento (1h04min34seg), quebrando um jejum brasileiro de três anos; e da queniana Janet Charuto (1h16min55seg). O recorde masculino da prova vai completar dez anos, tanto no masculino como no feminino:  Joseph Aperumoi (QUE), 1h01min38s (2012), e Paskalia Chepkorir (QUE), 1h12min29seg (2012). A lista da elite da prova deste ano deve ser divulgada em breve.

Pódio 2020: 1) Daniel Ferreira do Nascimento (Brasil), 1h04min34seg; 2) Nicolas Kiptoo Kosgei (Quênia), 1h05min18seg;  3) Gilmar Lopes (Brasil), 1h05min35seg;  4) Edwin Kipsang Rotich (Quênia) 1h07min04seg; e 5) Giovani dos Santos (Brasil), 1h07min45seg

A Raízen apresenta a 15ª Meia Maratona Internacional de São Paulo – Special Edition, evento que tem organização e realização da Yescom, com patrocínio de Café 3 Corações, NewOn, Cosan, Smartfit e You Mercado Esportes. O apoio é de Montevérgine, Dois Cunhados, Itambé, Movimento Plástico Transforma, Bendita Cânfora, Shopping Light e Bioleve. O apoio especial é da Prefeitura do Município de São Paulo. A supervisão da CBAt e FPA.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.