Neuschwander quebra o recorde mundial dos 100km em esteira

Neuschwander quebra o recorde mundial dos 100km em esteira

Ultramaratonista alemão estabeleceu a marca na Baviera

SILVIA HERRERA

04 de fevereiro de 2021 | 19h11

Lembra do ultramaratonista alemão Florian Neuschwander que no ano passado quebrou o recorde mundial dos 50km em esteira? Agora ele dobrou a distância e acaba de pulverizar em 13 minutos a marca mundial anterior! Flow correu sábado, 30 de janeiro, perto da casa dele, em Chiemgau, Baviera (Alemanha), com torcida virtual. Correu os 100km em esteira em 6:26:14. A marca anterior (6:39:26) era do estadunidense Mario Mendoza, estabelecida em junho de 2020. Apenas para ilustrar,  o tempo máximo permitido para se completar uma maratona (42km) é seis horas, a maioria dos amadores corre os 42km na casa das 4 horas e meia, ou seja Flow meteu a bota na esteira. No entanto, por conta da pandemia do coronavírus e as regras de isolamento, os representantes do Guinness World Records não puderam ir ao local para acompanhar o feito e  validar a nova marca, que se tornou extraoficial. “Um recorde mundial sempre é bom, mesmo que não seja oficial”, declarou o atleta.

Neuschwander correu 100k na esteira em 6h 26m 14s/ Foto de Phil Pham / Red Bull Content Pool

Flow, 39 anos, estabeleceu a nova marca apenas 11 meses depois de quebrar o recorde mundial de corrida indoor de 50 km em esteira, com a marca de 2h57min25, a anterior era também de Mendoza. Neuschwander começou a correr as 9 horas,  na companhia de 5 mil pessoas – via app Zwift, que permitia aos usuários correr e pedalar ao lado dele, além de enviar saudações digitais. O triatleta Patrick Lange pedalou alguns quilômetros, e os compatriotas Sebastian Kienle e Koko Klosterhalfen enviaram várias mensagens ao longo do desafio. Aliás, para Flo, essa inteiração foi fundamental: “Se eu corresse 100km na esteira sozinho, sem interação, seria impossível ter concluído.  O apoio virtual foi extremamente importante, mais que isso, a motivação digital foi capital.”

Florian Neuschwander correu na Baviera – Foto pushinglimits.de

Vale ressaltar ter sido a primeira vez que ele ultrapassou os 60km na esteira. “Nunca corri tanto em uma esteira, especialmente nessa velocidade, e  depois do km 75 foi realmente muito difícil, principalmente o psicológico”, avalia o atleta, que é patrocinado pela RedBull e pela Garmin. Aliás, o mais emocionante foi o último km, com direito a melhor tempo de toda a prova: 3m20s! Na Wings For Life World Run, que ele venceu em 2015, o pace médio dele ficou em 3m52s.  “Aquele último km foi um presente  para a galera que estava me acompanhando, foi realmente brutal manter aquele pace no último quilômetro”, relatou.

Os próximos desafios de Flow serão a  Wings For Life World Run dia 9 de maio, via app, e tentar  quebrar o recorde alemão de 100km em trilhas, em outubro,  se a pandemia deixar.

Confira o vídeo do desafio: https://www.instagram.com/p/CKt08Vmoz_9/

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.