Novo tênis vai dar o que falar na Maratona de Londres

Novo tênis vai dar o que falar na Maratona de Londres

SILVIA HERRERA

24 de abril de 2019 | 13h47

É a evolução do lendário Nike Zoom Vaporfly 4%  que estará calçando o atual recordista mundial dos 42K, o queniano Eliud Kipchoge neste domingo de manhã, 28 de abril, na Inglaterra, agora com o nome de ZoomX Vaporfly Next%. O tênis começa a ser vendido dia 25 de abril em Londres, e dizem será o tênis mais rápido da história#NIKE ZOOMX VAPORFLY NEXT% #corridaderua #maratona #calçadoesportivo #BlogCorridaParaTodos

Nike ZoomX Vaporfly Next%

E o recordista não para de brincar no seu Instagram, provocando a galera com seu novo tênis. Se ele quebrar o recorde de novo vai ser insano. O recorde atual, realizado por Kipchoge calçando o Vaporfly 4% – é de 02:01:39 (Berlim – 2018). Não vai ter jeito, vou ter que acordar às 5 da matina para assistir a transmissão ao vivo, que será feita para o Brasil pela ESPN 2, com Cledi Oliveira e Adauto Domingues.

Eliud Kipchoge

 

O destaque desta vez será o desafio do super campeão olímpico dos 10 mil metros, Mo Farah que corre em seu país e já avisou todo mundo que está com sede de vitória. Como ele também é patrocinado pela Nike deve calçar o mesmo tênis revolucionário. “É isso que o esporte precisa, esta maratona promete”, disse Farah para a assessoria de imprensa do evento. “Eliud é um grande atleta, já ganhou várias maratonas e eu tenho ganhado outras várias na pista, mas agora estou em um novo estágio da minha carreira. Eu realmente acredito que posso vencer algumas das maratonas Majors”, declarou. Essa eu não perco de jeito nenhum.

Eliud Kipchoge e Mo Farah

Farah é dez vezes campeão em olimpíadas e no ano passado completou a Maratona de Chicago com um tempaço: 02:05:11, estabelecendo o novo recorde europeu. Kipchoge, porém, não está preocupado com o desafio. “Ele não me preocupa, isso só ,e despertou o interesse nele, isso que faz me faz melhor a minha performance”, disse.  Se vencer, Kipchoge será o primeiro tetracampeão da Maratona de Londres. Para enfrentar o super campeão, Mo Farah foi treinar na Etiópia durante três meses, com seu técnico Gary Lough. Foi lá que passou o aniversário de 36 anos. Kipchoge é dois anos mais novo. “Acredito no meu treinamento, foi tudo perfeito. Agora só tenho que ser esperto e dar 110% de mim no domingo”, afirma Sir Mo Farah. O duelo vai ser quente.

Voltamos ao pisante que vai dar muito o que falar. A Nike acaba de divulgar as informações. Esta evolução do tênis impressiona pelo cabedal – resultado, em grande parte, de contribuições de atletas como Shalane Flanagan, que relatou o impacto da absorção da água da chuva no peso do calçado durante a maratona de Boston em 2018. A nova entressola foi feita com um novo material, criado no Laboratório de Pesquisa Esportiva da Nike, a partir de informações colhidas com diversos atletas da marca. O padrão de tração também foi redesenhado graças a uma solicitação de Eliud Kipchoge, após uma corrida particularmente chuvosa em Berlim.

Nike ZoomX Vaporfly Next%

O tênis estará disponível a partir de 25 de abril em Londres e no Japão, e a partir de 28 de abril pelo aplicativo NRC, para membros do NikePlus nos Estados Unidos. No Brasil, o tênis estará disponível em Julho para membros do site da marca.

“Este tênis é o resultado da estreita parceria entre nossos atletas, cientistas do esporte, engenheiros e designers”, diz Brett Holts, vice-presidente de tênis de corrida da Nike. “Eles trabalharam juntos durante todo o processo de design, testes e produção. Estamos muito animados para ver o NEXT% nas pistas, impulsionando ainda mais as fronteiras do desempenho humano em provas internacionais”.

POR QUE O NOME NEXT%? Quando lançou o Zoom Vaporfly 4%, a Nike decidiu dar esse nome ao tênis porque, na média,  ele aumentava a economia da corrida em 4% quando comparado ao modelo de maratonas mais rápido até então (o Nike Zoom Streak 6). Agora, o novo NEXT%, chega a um patamar no qual cada corrida se transforma numa oportunidade de cruzar a linha de chegada cada vez mais rápido. Conforme disse Mo Farah em declaração recente, “um atleta está sempre em busca dos próximos X por cento”. Daí o nome do tênis: NEXT% – ou os “próximos%”, se traduzirmos para o português.

Novidades do pisante:

  • O material Vaporweave estreia no cabedal do calçado (parte superior). Ele é mais leve do que o Nike Flyknit, garante ventilação e, acima de tudo, absorve bem menos água ou suor. Desse modo, o calçado se mantém leve e seco durante toda a maratona.
  • Para reduzir a pressão sobre a parte mais sensível do peito do pé, o cadarço está numa posição levemente enviesada (Mo Farah comentou que curtiu muito esse visual).
  • Na parte interna do calcanhar, uma fina camada de espuma protege o tendão de Aquiles mesmo após vários quilômetros percorridos.
  • A entressola possui ainda mais espuma Nike ZoomX. Estudos científicos realizados no Laboratório de Pesquisa Esportiva da Nike comprovaram que isso aumenta e energia e impulsão devolvida para o corredor a cada passada.
  • Além disso, a espuma foi redistribuída, reduzindo de onze para oito milímetros a diferença na altura da sola entre o calcanhar e os dedos. Isso aumenta a estabilidade e a energia devolvida no momento fundamental em que o atleta tira os dedos do chão.
  • Para melhorar ainda mais a aderência na região dianteira dos pés, os designers misturaram os padrões de tração dos maratonistas Kirui, Kipchoge e Farah, ajudando a enfrentar com mais tranquilidade as corridas debaixo de chuva.
  • O contorno das depressões na sola, que inclui ranhuras mais profundas na parte externa, favorece movimentos mais suaves na hora de fazer curvas.
  • Nike ZoomX Vaporfly Next%

4 MOTIVOS QUE DEIXAM ATLETAS DE ELITE EMPOLGADOS PARA USAR O NEXT%:

  1. “A placa (de fibra de carbono) deixa a gente no ponto de equilíbrio ideal, o que faz a gente avançar o mais rápido que pode”. – Mo Farah
  2. “O tênis encaixa melhor nos pés, principalmente na região dos cadarços”. – Suguru Osako
  3. “A espuma extra na parte da frente me dá a sensação de que recebo mais impulso nos segundos finais de cada passada.Quando testei o tênis, marquei meu melhor tempo nos treinos!” – Roza Dereje
  4. “Tração é fundamental. Ela nos dá liberdade e confiança pra correr sem limites”. – Geoffrey Kirui

 

 

Tendências: