Pesquisa mostra aumento de 38% das atividades físicas em um ano

Pesquisa mostra aumento de 38% das atividades físicas em um ano

A cada mês dois milhões de esportivas entraram no Strava

SILVIA HERRERA

07 de dezembro de 2021 | 15h26

Sempre em dezembro, o Strava, a maior rede social/plataforma de esportistas, divulga o relatório Year in Sport (O ano esportivo), no  qual traz os principais dados dos usuários, no caso 95 milhões de pessoas, sendo 12 milhões delas brasileiras, em 195 países. Os dados foram apresentados nesta terça-feira, 7 de dezembro, em coletiva global online. E o principal destaque é que o esporte foi uma válvula de escape para os usuários durante esse ano pandêmico. Foram analisados 1,8 bilhão de uploads de atividades, o que indiciou um crescimento de 38% nos últimos 12 meses. E as modalidades que mais cresceram foram yoga e caminhada.

Dados do Strava mostram aumento de atividade física . No Brasil o número de pedaladas aumentou 1,4x

“Mesmo enquanto a comunidade esportiva global passava por mais um ano de interrupções e restrições pandêmicas, vimos um desejo persistente dos atletas de permanecerem conectados e manterem um ao outro ativo. Atletas de todos os países registraram e compartilharam suas corridas, pedaladas e caminhadas na hora do almoço. E, por sua vez, a comunidade se encorajou ao distribuir 9,6 bilhões de kudos”, afirma Michael Horvath, CEO do Strava. “Todos os esforços contam para o Strava, e nossa equipe está entusiasmada em fornecer uma plataforma para quem deseja se conectar com outros atletas, encontrar novos lugares para ser ativo, definir metas para si, criar clubes e desafiar seus amigos. O Strava está empenhado em criar um impacto positivo nas áreas que são importantes para nós e para os nossos atletas: alterações climáticas, racismo, equidade e inclusão no esporte”, acrescenta Horvath.

Michael Horvath, CEO do Strava

Entre 2013, quando foi criado o Strava, até novembro de 2021, foram postadas 6 bilhões de atividades físicas. Outro item que chamou a atenção no relatório é a preocupação com o meio ambiente, com os eventos climáticos extremos. Mostram como as inundações na Alemanha e na China interferiram nos treinos, assim como os incêndios no Canadá. Mostra também que o europeu começou a treinar mais cedo, por causa do calor.

O clima extremo e a qualidade do ar afetam o comportamento do atleta em todo o mundo. Durante as nevascas do Texas (EUA) e a crise de energia em fevereiro, houve uma redução de -57% nas atividades ao ar livre nestas localidades. Na  onda de calor em Oregon (EUA), durante o verão, as atividades ao ar livre caíram -23%. Na  tempestade de neve em Madrid (ESP), em janeiro, e as inundações em Nagano (JAP), em agosto, as atividades indoor aumentaram 55% e 56%, respectivamente.

Esportistas estão preocupados com as mudanças climáticas

Brasileiro caminha 3 horas por semana 

O número de caminhadas aumentou significativamente em todo o mundo

As publicações de corrida e pedalada no Brasil cresceram 1,4x, quando comparado ao ano anterior. Já as versões virtuais ou indoor das mesmas atividades cresceram 1,3x e 1,1x, no mesmo período. Natação cresceu 1,8x e yoga 1,9x, sendo o grande destaque de crescimento, por aqui, o treino funcional, com 2,2x mais atividades publicadas em 2021 do que em 2020.

Caminhar virou uma moda no mundo todo. Seja para atividade física, ou para deslocamento, a caminhada também cresceu no Brasil, na ordem de 1,6x. E aqui os destaques foram os mais velhos: 52% das pessoas com mais de 70 anos postaram caminhadas no Strava, assim como 49% das de 60 a 69 anos. Outras faixas etárias, como as pessoas de 50 a 59 anos (45%), 40 a 49 (44%), 30 a 39 (42%) e 18 a 29 (38%) também tiveram altos índices de atividades de caminhadas publicadas na plataforma. Os brasileiros caminham em média 3 horas por semana, mesmo tempo médio que os alemães, mais do que os canadenses (2,9h), australianos (2,7h) e americanos (2,5h), mas menos do que os espanhóis (3,7h), britânicos (3,5h), indianos (3,3h) e franceses (3,2h).

Globalmente falando, as publicações no Strava continuaram subindo em um nível recorde e a plataforma alcançou marcas como as mais de 37 milhões de postagens por semana, totalizando 1,8 bilhões de uploads públicos nos últimos 12 meses. O aumento de 38% na atividade de uploads deste ano segue o aumento de 1,1 bilhão de uploads em 2020 (um aumento de 33% em relação a 2019). O Strava deu as boas-vindas a 2 milhões de novos atletas por mês em sua comunidade global, que coletivamente registrou mais de 33 bilhões de quilômetros este ano.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Stravapesquisa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.