Racer Carbon será testado em maratona customizada

Racer Carbon será testado em maratona customizada

Fila vai acompanhar 12 corredores amadores para esta prova em 31 de outubro

SILVIA HERRERA

30 de julho de 2021 | 10h25

Como parte das celebrações dos 110 anos da Fila, a marca lança mais um projeto, o terceiro deste ano. É a Maratona Fila, ativação que conta com a participação de um time de 12 atletas amadores, que serão preparados pelos próximos três meses para participar do desafio de correr 42.195 quilômetros. Todos usarão o mais novo produto de running da Fila, o Racer Carbon, primeiro tênis da marca com placa de carbono e desenvolvimento 100% no Brasil. O local da prova, agendada para o dia 31 de outubro, está em definição e será anunciado em breve. Será um teste é tanto para este calçado esportivo, considerado o mais “rápido” da marca. Se os 12 baterem os recordes pessoais (PB) será um golaço da marca, que terá mais dados para comprovar a eficiência cientificamente.

Maratona da Fila terá apenas 12 convidados. Foto: divulgação Fila

O squad é bem diverso, tem maratonistas experientes, triatletas amadores e quem vai estrear na marca. E para ajudar o pessoal, a Fila está oferecendo, além de material esportivo completo, treinador e a experiência de utilizar os serviços da Care Club, parceira da marca nesse projeto, empresa inovadora que reúne no mesmo espaço academia, atendimento médico, fisioterapia, nutrição, e tudo o mais para que a pessoa consiga alcançar seus objetivos no esporte, com segurança.

Serão 14 semanas de treinamentos intensos, com encontros semanais liderados pelo treinador Guilherme Gil (de colete vermelho na foto abaixo). Esses momentos vão contar também com a presença especial de atletas profissionais do Team Fila, como os maratonistas Laurindo Nunes, Vagner Noronha, os quenianos Edwin Kipsang Rotich e Vivian Jeftanui Kiplagati, além dos triatletas Thiago Vinhal, Larissa Fabrini, Luisa Baptista, Luis Ohde e Frank Silvestrin.

Guilherme Gil (colete vermelho) vai comandar a turma – Foto: reprodução de Instagram

Vamos as 12 felizardos, que vão ter o privilégio de serem preparados para uma maratona em tempos de pandemia, com tudo que qualquer corredor sonha. São eles:  Ju Winterink (@juwinterink), Nathalia Fuzaro (@natfuzaro), Mih Cezar (@mihcezar), Bárbara Danc (@ba_danc), Júlia Guedes (@juliaguedes), Bruno Bemlevinho (@brunobemlevinho), Andre Sanches (@af.sanches), Jhonnes Vaz (@vazjhonnes), Marco Jafet (@jafetnutricao), Rica Pelosini (@ricapelosini), Kessia Gama (@kessia.gama) e Luciana Moraes (@lumoraes02). “Todos eles têm envolvimento com o esporte em diferentes níveis. Enquanto alguns são mais experientes e já participaram de maratonas, outros vão se aventurar nos 42km pela primeira vez. Cada corredor tem sua meta pessoal e nosso objetivo ao selecionar esse time foi mesclar vivências para que, além de aprenderem durante os treinos e mentorias, eles também possam evoluir uns com os outros no mundo da corrida”, explica Adriana David, Gerente de Branding e Marketing da Fila Brasil.

“O nosso objetivo com essa iniciativa é entregar a maratona mais especial da vida desses corredores. Vamos cuidar dessa turma como se fossem atletas profissionais, respeitando sempre os tempos e objetivos pessoais de cada um. Queremos que, junto com a Fila, eles “mudem o jogo”. Através da superação de desafios é possível quebrar barreiras e atingir metas antes vistas como impossíveis. Esses atletas nos inspiram e estão diretamente conectados com nossa energia e posicionamento change the game”, completa Luciana Moraes, coordenadora de marketing e do projeto na marca, que também vai encarar este desafio.

FILA Racer Carbon exigiu dois anos de desenvolvimento

Agora vamos falar do Racer Carbon, que estará nos pés desta dúzia de sortudos.  O produto é 100% brasileiro, desenvolvido no Dass Creation Center e testado e aprovado pelo laboratório de biomecânica do Grupo Dass. O Racer Carbon traz a tecnologia exclusiva Speed Tech Carbon, que faz dele um dos calçados mais leves com placa de carbono produzido no mercado nacional, com apenas 215 gramas no tamanho 40, garantindo velocidade e propulsão aos corredores, sejam eles profissionais ou amadores. A placa de carbono, uma evolução da placa Speed Tech, produzida em nylon, é muito mais rígida e potencializa a força do atleta a cada passada. A evolução também é percebida em outras áreas, como na entressola, que traz espuma de uma densidade superior, mais responsiva e que não perde as propriedades conforme o uso. O encaixe da placa de carbono com o enchimento do solado e da entressola é feito em um processo fusionado, que traz o melhor resultado biomecânico, fazendo do Racer Carbon o tênis ideal para treinos ritmados de velocidade e, claro, para competições.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.