Review Pride 2: ótimo custo benefício

Review Pride 2: ótimo custo benefício

SILVIA HERRERA

20 de junho de 2019 | 17h33

Olympikus capricha na segunda versão deste modelo de tênis de corrida de rua, que tem até edição limitada da Maratona do Rio. #corridaderua #review #teste #calçadoesportivo #BlogCorridaparaTodos

Pride 2 feminino (superior) e Maratona do Rio

O primeiro Pride já era bom. Comecei a usar há um ano na 5K da Maratona do Rio, me empolguei e corri logo o dobro da distância, fiz 10K. Tênis de corrida é bom quando você nem sente que está usando, não pesa, não pega, não aperta, não esquenta, não incomoda. Além disso é bonito e barato.  O Maratona do Rio e o normal custam R$ 249.

No site oficial da marca há modelos masculinos de uma cor, inclusive a entressola,  do Pride 1 só que é mais caro R$ 299.  Nas lojas multimarcas, o Pride 2 é 90 centavos mais caro, e o Pride 1 feminino está por R$179,90 a R$ 228,87 – depende da cor. E o masculino por R$ 228,87 – mais com entressola branca. É um calçado que aguenta rodar um ano, ou 5ooKm, sem perder o amortecimento. O modelo Maratona do Rio do Pride 1 não encontrei nos sites multimarcas. Esta é a segunda vez que fazem esta edição limitada, que realmente ficou bem bonita.

Pride 2 Edição Maratona do Rio 2019

O Pride 2 recebi em 1º de maio e não tirei mais do pé. Logo comecei a reparar várias pessoas usando nos treinos. A edição da Maratona do Rio vi na academia, no pé da professora, antes até da marca divulgar a edição. A marca indica o uso para média e longas distâncias. Mas pode incluir caminhadas, musculação e bike. Usei pra tudo e funcionou bem. Ele é flexível, dá para fazer até máquina de panturrilha.

O que mudou:

a) biqueira no cabedal (parte superior do calçado) perdeu as costuras e agora é selada, o que é excelente. A costura na biqueira, por mais perfeita que seja, a partir de uma hora correndo pode começar a incomodar os dedos e até machucar.

Biqueira do Pride 1 era costurada (esq) agora é selada

b) trama do tecido do cabedal mudou o design. Agora a parte frontal tem furos retangulares em vez de ovais, o que pode dar mais durabilidade. A respirabilidade continua superior. E a tecnologia do tecido também mudou. No primeiro eram dois tecidos sobrepostos, agora é um. É a tecnologia Oxibreath 2.0, composta por dois materiais que formam uma trama única.

c) contraforte ganhou novo design e está mais estruturado, com aplicações externas de material plástico.

Contraforte do Pride 1 era mais simples

contraforte do Pride 2

d) palmilha mudou totalmente, é outro material e perdeu o amortecimento adicional da anterior. Agora é Ortholite, semelhante a alguns modelos de corrida da Nike. Bem macia.

palmilha azul é a do Pride 2

e) acabamento inteiro melhorou. A primeira versão apresentava algumas falhas de costura, embaixo da palmilha, no local onde há a união da  entressola ao cabedal, que foi superada nesta atualização.

f) entressola foi totalmente aprimorada. Mudou o material, o design e o tamanho. O drop diminuiu de 12mm para 10mm. O design agora é mais moderno, com ondas paralelas que parecem favorecer o movimento da corrida. O modelo está mais leve também.

Entressola foi modernizada – Pride 1 (em cima) e 2 (embaixo)

h) solado com tecnologia Gripper mudou o design, dando mais tração ao calçado, e com acabamento mais refinado. E ganhou a tecnologia Elevate Pro. Não perdeu a flexibilidade. Veja a diferença na foto abaixo, o Pride 1 tem solado rosa.

Solado do Pride 2 (branco e cinza) melhorou

O que pode aprimorar

a) colarinho. O tecido interno posse ser aprimorado, o material favorece a formação de bolinhas logo depois da primeira corrida.

b) lingueta. Pode ser aprimorada, gosto muito da lingueta do Nike Zoom Fly, que apresenta um design de linguetas extraordinário.

Ficha Técnica

Categoria Running

Pisada Neutra
Peso: 218 g
Numeração: do 33 ao 44
Cores: limão/chumbo (Maratona do Rio), cinza com detalhes rosa claro (feminino) e azul marinho (masculino)
Preço: R$ 249
Tecnologias: Oxibreath 2.0, Elevate Pro e Gripper (borracha mais macia e mais aderente ao solo)

Sobre a Olympikus
É a maior marca esportiva do Brasil e, desde 1975, vem construindo uma longa relação com o esporte brasileiro, por meio de ações sólidas e duradouras. A marca acredita e investe no esporte, buscando inovação e alta
performance, por meio do seu Centro de Desenvolvimento e Tecnologia. Hoje está presente em toda a América do Sul e em mais de 12 mil pontos de venda no Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:

Olympikuscalçado esportivoreview

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.