Samuel Ribeiro e Flavia Moraes vencem a SP City Marathon

Samuel Ribeiro e Flavia Moraes vencem a SP City Marathon

Edição anteiror foi realizada em 2019

SILVIA HERRERA

03 de agosto de 2022 | 14h56

O maratonista brasileiro adora desafios. Algumas das provas eles fazem questão de participar: Maratona do Rio, Maratona de Porto Alegre e a SP City Marathon. A última foi realizada no domingo, percorrendo 42km de cartões postais, entre o Pacaembu e o Jockey Club, com a presença de 20 mil corredores. Havia meia maratona também. Do total de mais de 12.500 participantes que cruzaram o pórtico de chegada e tiveram seus tempos válidos, 30% terminaram a maratona e 70% a meia-maratona.

Largada da SP City Marathon é às 5h45

Samuel Ribeiro venceu no masculino, com o tempo de 2:26:44. E Flavia Aparecida de Moraes com 3:20:49. Com temperatura amena e um começo de manhã frio em São Paulo, a prova teve largada em ondas a partir das 5h45 quando o termômetro marcava 12ºC na praça Charles Müller, em frente ao Estádio do Pacaembu. Aliás, esse horário da largada agrada muito os corredores amadores, que em média, terminam os 42km em 4 horas.

Este ano, 49% dos participantes da Comgás SP City Marathon vieram de todos os estados do Brasil e de 12 países. Estima-se que o impacto econômico na cidade de São Paulo seja de R$ 25 milhões de receita nos segmentos de hospedagem, alimentação, transporte, passeios e compras. “É uma satisfação muito grande, depois de três anos, estar de volta. Um evento do porte da SP City Marathon só é possível com o apoio da Prefeitura de São Paulo, da CET, da Polícia Militar e de um time determinado e comprometido a dar o seu melhor”, afirmou Paulo Carelli,  diretor de prova.

Percurso saiu do Pacaembu e chegou no Butantã

Inspirada nas maratonas internacionais, a SP City proporciona uma experiência diferente, com música animando  ao longo do percurso. Houve orquestra, trovadores, chorinho, taiko, além de iluminação e DJ no túnel.  O clima era de festa e de celebração também na arena da chegada, com show do DJ Dre, além de saxofone e violino. Um centro de recuperação para os atletas, além de loja oficial do evento, painéis instagramáveis, distribuição de cerveja light e sorvetes também marcaram o pós-prova.

Outra novidade desta edição foi a transmissão ao vivo do evento pelo YouTube. “Este ano inovamos com a transmissão ao vivo no nosso canal, o que ampliou a visibilidade da prova. A narração e os comentários de Rodrigo Bitar e de Ricardo Hirsch proporcionaram uma aproximação do público com a prova, oferecendo um conteúdo muito rico para os amantes do esporte”, avaliou Eliane Verderio, CEO e diretora de marketing da Iguana (organizadora da prova)…

Resultados

42.2K masculino

1.SAMUEL RIBEIRO – 2:26:44
2.RAPHAEL MAGALHAES – 2:30:01
3.RAIMUNDO DOS SANTOS MOURAO – 2:36:28
4.JOSE LUIZ DA SILVA SILVA – 2:36:59
5.OSEIAS DOS SANTO 2:38:51

42.2K feminino

1.FLAVIA APARECIDA DE MORAES – 3:20:49
2.MARIA CLAUDIA FERREIRA SOUTO – 3:22:04
3.ANDREIA BARROS     – 3:23:21
4.ANDREA FERNANDA FELIPPE – 3:24:16
5.ROSINEIA DO CARMO GARCIA JESUS – 3:26:06

21.1K masculino

1.SAMUEL SOUZA DO NASCIMENTO – 1:07:12
2.MELQUISEDEQUE MESSIAS RIBEIRO – 1:08:08
3.GUSTAVO HENRIQUE PEREIRA – 1:08:53
4.EDER UILLIAN OLIVEIRA DA SILVA – 1:09:00
5.RENILSON VITORINO DA SILVA     – 1:09:16

21.1K feminino

1.LARISSA MARCELLE MOREIRA QUINTAO – 1:17:59
2.ALICE YURI LIMA FONSECA – 1:22:15
3.JANAINA SANTANA – 1:23:06.
4.ADRIANA APARECIDA DA SILVA – 1:24:13
5. DANIELA LAVIGNATTI – 1:25:20

Tudo o que sabemos sobre:

SP City Marathonmaratona

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.