Triatleta consegue R$ 79 mil em doações para o HC

Triatleta consegue R$ 79 mil em doações para o HC

Antônio Mansur se propôs a praticar 24 horas ininterruptas e conseguiu engajar 439 doadores. Desafio virou documentário.

SILVIA HERRERA

08 de julho de 2020 | 11h00

 No dia 9 de maio o triatleta Antônio Mansur  praticou 24 horas ininterruptas de triatlo com o intuito de homenagear os profissionais de saúde e arrecadar doadores para a campanha  #HCCOMVIDA, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC) criada diante da pandemia da Covid-19. E durante o desafio ele conseguiu engajar internautas que acompanharam todas as etapas de natação, ciclismo e corrida. O resultado alcançou mais de R$ 79 mil reais em doações e virou documentário, com todas as etapas registradas por Fabio Seixas, diretor de conteúdo e fundador da Jambu Content.

triatleta Antônio Mansur

Mansur conta que a parte mais difícil do desafio foi no meio da madrugada, justo na parte da corrida. “Foi a parte mais dura, porque eu me senti meio mal neste momento, não por esforço, mas acho que caiu minha pressão e com  o escuro da noite eu fiquei meio atordoado e achei que não fosse terminar”, lembra. Depois ele iria iniciar a última série da sequência: natação, bike e corrida.  “Durante o percurso eu senti bastante  a parte muscular das panturrilhas e dos joelhos porque pegou bastante ter corrido na esteira, o impacto foi diferente do que estou acostumado”, completa.

Com mais de 30 anos de atuação no esporte,  o atleta se submeteu nas 24 horas a 17 triathlon sprints completos, 12.750m de natação, 340 km de ciclismo e 85 km de corrida, o equivalente a mais de dois  Ironman. As modalidades foram feitas na Care Club em São Paulo, sob acompanhamento do médico e treinador Paulo Puccinelli.  “No fundo não fazemos nada sozinho e esse desafio é a minha forma de retribuir, mostrar a alma do esporte, estou com quase 32 anos na área e essa é a minha forma de retribuir para a sociedade aquilo que o esporte me deu”, ressaltou o atleta.

Como estamos em quarenta, Mansur não fez qualquer tipo de preparação para o documentário. “Eu vinha treinando pouco, do jeito que dava, um pouquinho cada esporte  e fiz com a bagagem de treinamento que eu já tinha. Então, foi um desafio bem interessante, porque foi muito mais na emoção de terminar e ajudar, do que de obter algum tipo de performance”, destaca.

O curta mostra detalhes desse desafio, que na opinião do atleta foi um dos momentos mais importantes de sua trajetória no esporte. “Em todos esses anos no esporte eu posso dizer que esse é o ponto máximo da minha carreira, porque eu não ganhei nada, mas eu dei tudo”, disse Mansur.

O documentário foi feito de forma solidária. Seixas, que também é atleta, soube da ação e se prontificou a registrar o momento, acompanhando as 24 horas do desafio ao lado de Mansur e produzindo o documentário, que serve de inspiração para esse momento que estamos vivendo. “Logo que soube que o Mansur faria essa ação, quis acompanhar de perto para registrar e ter um documentário para compartilhar e inspirar mais pessoas com essa mensagem de solidariedade e superação”, conta.

 

As doações seguem no site: https://viralcure.org/hc

Link para assistir o doc: https://drive.google.com/file/d/1j6LPm7Xg6nuFyjhSFi2rOaxNSjOEcLoW/view

Ficha técnica:

Conteúdo: Fabio Seixas e Jambu Content

Câmera: Tuca Moraes e Fábio Seixas

Design:Rodrigo Burgese

Montagem e motion: Isabela Ribeiro

Total arrecadado: 439 doadores total de R$ 79.520,00

https://drive.google.com/file/d/1j6LPm7Xg6nuFyjhSFi2rOaxNSjOEcLoW/view

Tudo o que sabemos sobre:

desafiotriatlo#HCCOMVIDAcoronavírus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: