Vai para Campos do Jordão? Leve o tênis de corrida na bagagem

Vai para Campos do Jordão? Leve o tênis de corrida na bagagem

SILVIA HERRERA

07 de junho de 2019 | 16h34

Basta os termômetros baixarem que o paulista praticamente se mude para Campos nos fins de semana. E para quem é corredor, tanto amador como profissional, há locais bons para treinos. Aliás, quem gosta de treinar lá é nosso campeão da Maratona de Nova York Marilson Gomes dos Santos, entre outros fundistas da elite brasileira, e até queniana, da equipe Luasa. #ameCampos #ComposdoJordão #corridaderua #BlogCorridaParaTodos #dicas

Campos do Jordão/foto divulgação

É comprovado cientificamente que treinar em altitudes elevadas garante melhor desempenho para atletas amadores e profissionais. No ar rarefeito, o organismo produz mais glóbulos vermelhos, que são responsáveis pela oxigenação do corpo. Isso dá maior resistência, principalmente para longas distâncias. A 1.700 metros acima do nível do mar, Campos do Jordão é considerado o paraíso para os corredores.

Na estrada, à medida que subimos a serra, o ar vai ficando cada vez mais puro. Não por acaso, a cidade ganhou fama no final da década de 50 como estância climática para tratamento da tuberculose. No seu próprio ritmo, é possível usufruir ao máximo o que as florestas de Araucárias, Plátanos e campos de altitude oferecem. Se a ideia for apenas caminhar,  também vale muito a pena.

Abernéssia: o ponto de partida – na região do Pico do Itapeva, há trilhas técnicas de 21 e 42 quilômetros que atraem os atletas mais experientes.

Primeiro desafio: 8 km –  o objetivo é ir até Capivari e voltar a Abernéssia, totalizando 8 km de extensão. Saia da estação do bondinho e siga pela Avenida Januário Miráglia, no eixo principal da cidade. Se já tem o costume de correr, em no máximo meia hora é possível chegar a Capivari.

Muito leve? Que tal 10 km? – ainda pelo eixo principal da cidade é possível aumentar o percurso em mais dois quilômetros. O trajeto é o mesmo: começa na estação do bondinho, em Vila Abernéssia, passa por Jaguaribe, mas antes de chegar a Capivari há um pequeno desvio. Ao avistar a estação Emílio Ribas do bondinho, bem em frente a um posto de combustível, vire à esquerda e siga pelo chamado anel viário de Campos do Jordão. Neste ponto, você passará por diversos pontos turísticos, entre eles a Estrada de Ferro e a ponte sobre o Ribeirão Capivari.

Estes dois percursos são os preferidos dos atletas de alto rendimento. Como não exigem nível elevado de preparação, ambos também são muito aproveitados pelos anônimos que gostam de corridas.  Mas lembre-se: antes de iniciar qualquer atividade física, marque uma consulta com seu médico de confiança.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Campos do Jordãotreinamentodicas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.