Volta SP 10K marca o retorno das corridas de rua em São Paulo

Volta SP 10K marca o retorno das corridas de rua em São Paulo

Prova está prevista para 29 de agosto com 1.200 vagas

SILVIA HERRERA

22 de julho de 2021 | 20h15

Programada na agenda de testes dos eventos-modelos do governo estadual, a corrida de rua Volta SP10K acaba de receber o apoio da Secretaria de Esportes do município e, se os números da pandemia do coronavírus continuarem a cair com a vacinação, ela marcará finalmente a retomada das corridas de rua em São Paulo no dia 29 de agosto. Serão apenas 1.200 vagas e as inscrições abrirão em 29 de julho no site da ABRACEO (Associação Brasileira de Corridas de Rua e Esportes Outdoor). A intenção é que seja realizada na Marginal Pinheiros, com largada no Parque do Povo, no Itaim-Bibi, na zona sul da capital paulista.

Inscrições para Volta SP10K abrem 29 de julho

“Os apoios da prefeitura e do governo são super importantes para a realização deste evento-modelo de corrida de rua”, conta Paulo Carelli, presidente da ABRACEO, associação que está liderando a realização da prova. Ele explica que o percurso ideal, saindo do Parque do Povo e seguindo pela Marginal Pinheiros, está praticamente aprovado, mas ainda é preciso algumas autorizações da CET e da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente. “Tudo está caminhando muito bem e estamos animados para construir esse retorno às corridas de rua com a realização deste evento, agora em um cenário mais seguro, com a aplicação das vacinas. Vamos torcer para os números de casos e mortes de COVID-19 continuarem a cair”, acrescenta Carelli. A prova será um dos 30 eventos-modelos anunciados pelo Governo de São Paulo para o segundo semestre, incluindo 14 eventos sociais, 12 de economia criativa, 2 esportivos e 2 de negócios.

Estruturada no início da pandemia, a ABRACEO  vem ganhando força ao longo dos últimos meses. Formada por organizadores de eventos esportivos, com o objetivo de fortalecer e profissionalizar o setor no Brasil, a associação procura orientar e defender os interesses de seus afiliados junto aos órgãos competentes.  A ABRACEO teve papel fundamental na elaboração dos documentos e agora cumprirá o papel de coordenadora da aplicação destas regras nas provas.

Verificação de Protocolo aconteceu em outubro de 2020 no Sambódromo

Como na corrida de verificação de protocolo realizada pela ABRACEO no Sambódromo no ano passado (foto acima), a Volta SP10K também terá várias regras de segurança sanitária, como realização de testes, para que sejam levantados dados de contaminação e monitoramento pós-evento. “Os protocolos dos eventos testes estão sendo coordenados pelo comitê do governo estadual, mas faltava este alinhamento com a prefeitura, já que a corrida será realizada em via pública”, acrescenta Carelli.

REGRAS

Todos os inscritos deverão testar negativo para Covid-19 até 48 horas antes da prova e apresentar o resultado do teste para a organização. Os membros da organização também serão testados. Além disso, todos os corredores serão monitorados pós-prova, assim como já foi feito em 2020, garantindo ainda mais segurança aos participantes. No acesso a área de largada, apenas poderão entrar os corredores e staff, que passarão por triagem com verificação de temperatura. Durante o período de permanência na arena, todos deverão usar máscaras nas áreas comuns (espaço da prova, largada e chegada). Marcas no solo, cones e unifilas serão utilizadas para estimular e garantir esse distanciamento nos locais de maior risco de aglomeração.

Haverá recipientes abastecidos com álcool gel 70% para higienização das mãos, instalados nos lugares de maior circulação de pessoas, de fácil visualização e acesso, bem como em número suficiente para atender a demanda e, que atendam também as necessidades dos portadores de deficiência, tais como pessoas com nanismo e cadeirantes. Além disso, pessoas com deficiências terão horários e locais exclusivos para atendimento. Mais informações referente ao percurso e entrega de kits serão divulgadas em breve.

 

Tudo o que sabemos sobre:

corrida de ruaAbraceo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.