Zero Runner, a máquina de correr

Zero Runner, a máquina de correr

SILVIA HERRERA

02 Novembro 2015 | 22h13

Novo simulador norte-americano de corrida acaba de chegar ao Brasil. O aparelho dispensa energia elétrica, é silencioso, educada a passada e não causa impactos.

Zero Runner

Fabricado pela Octane Fitness de Mineápolis (EUA), especializada em desenvolver e fabricar aparelhos para alta intensidade cardiovascular e com baixo impacto, o Zero Runner foi lançando no ano passado e é um forte candidato a tomar de vez o lugar das esteiras nos condomínios e residências.  “Foram cinco anos de pesquisas para desenvolver esta máquina de corrida, que não gera qualquer tipo de impacto ao corredor”, conta Lucas Guimarães, diretor da Pace Fitness, distribuidor brasileiro da Octane Fitness.

Em vez de uma esteira embaixo da máquina, acelerando o corredor, neste equipamento há apenas alças, como um balanço, e quem dá o ritmo é o usuário. Visualmente lembra um transport. A adaptação é rápida, dura no máximo 20 minutos.

Não olhe para o chão, feche os olhos e pense que está correndo na rua, salte de uma perna para outra. Procure dar passadas amplas, usando bem posterior e glúteo. Não há buracos, sinal fechado, pode correr à vontade. Há dois bastões para dar apoio. Relaxe a mente e corra o mais forte que conseguir. Subi no aparelho e em dois minutos já estava correndo. Adorei a experiência.

Zero Runner Side

No visor, há informações como tempo, calorias gastas, pace, amplitude da passada e frequência cardíaca. Há também um tablet, com o aplicativo da marca chamado SmartLink (grátis na Apple Store), que se comunica com a máquina e oferece séries para treinos (cross circuit, intervalado,  cardio/força, recuperação ativa e resistência) e  mostra sua passada. “Ele é muito educativo, mostra como deve ser o desenho da passada e como está o seu, assim fica mais fácil para visualizar”, explica Guimarães. E fica mesmo, o aplicativo é bem lúdico e fácil de usar.  O aplicativo também guarda o histórico dos treinos e o equipamento oferece acessórios, como elásticos,  para exercícios de força.

Veja abaixo nosso test-drive:

 

Quem está se recuperando de lesões tem no Zero Runner uma opção para retomada dos treinos, com zero impacto nos joelhos e articulações. Quem está treinando para maratonas pode intercalar a rodagem no Zero Runner, como uma atividade complementar, se prevenindo de lesões, correndo, por exemplo, 600km na rua e os outros 600k no equipamento. Também é indicado para iniciantes acima do peso, correndo primeiro no Zero Runner e só depois de perder peso e fortalecer a musculatura, migrar para o asfalto. Claro, todas essas atividades devem ser feitas com orientação de um profissional de Educação Física.

Semiprofissional, o Zero Runner custa R$ 21.990,00. E o profissional, para ser usados em academias, tem lançamento previsto para final de 2016. Em São Paulo, conheça o aparelho na Fit4, na Avenida República do Líbano n. 1174.

E aqui o vídeo oficial:

 

Mais conteúdo sobre:

corrida de ruazero runner