As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Filial brasileira em Londres

Estadão Esportes

27 de julho de 2012 | 22h00

A Casa Brasil em Londres, às margens do rio Tâmisa, abriu suas portas para receber convidados em um evento da Nissan, patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos. A intenção foi fazer uma mistura de Brasil e Inglaterra, no coração da capital britânica, para apoiar o início da competição e também começar o projeto 2016. Mais de 100 pessoas compareceram em uma festa que contou até com brigadeiro e caipirinha, dois produtos tipicamente nacionais. “Nossa campanha para 2016 já começa agora”, explica Murilo Moreno, diretor de marketing da Nissan.

Em grandes televisões espalhadas na Casa Brasil, os convidados puderam ver toda a cerimônia de abertura dentro da Somerset House, um centro cultural importante para Londres. Da janela, podia-se ver a London Eye, uma roda gigante que é um dos principais cartões postais da cidade, que não parou um minuto sequer enquanto a cerimônia ocorria do outro lado da cidade. Pelas ruas, o tráfego que costuma ser intenso parou e apenas alguns locais turísticos tinham a presença de pessoas.

Já na Casa Brasil, pela televisão, a todo momento os convidados aplaudiam as entradas dos países, principalmente Brasil e Grã-Bretanha. Membros do Comitê Rio 2016 também estiveram prestigiando o evento, que só acabou após o acendimento da pira olímpica. Segundo Moreno, a intenção foi aproximar relações e aproveitar para mostrar a cara do Brasil. “Pela gana que estou vendo nas pessoas, vamos fazer a melhor Olimpíada da história no Rio. Acho que vamos surpreender o mundo, tanto na organização quanto nos resultados”, conclui.
(Paulo Favero, enviado especial)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.