As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Crianças proibidas de contar segredos da festa

Estadão Esportes

27 de julho de 2012 | 10h23

O presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos, Sebastian Coe, e o diretor da cerimônia de abertura, o cineasta Danny Boyle, concederam uma entrevista coletiva no fim da manhã, em Londres, para falar sobre como será a festa inaugural da Olimpíada. A conversa, que durou quase uma hora, deu mais detalhes de como será a cerimônia – mas todo o conteúdo do bate-papo está proibido de ser divulgado pela imprensa até as 21 horas locais, 17 horas de Brasília.

Boyle, contudo, falou da dificuldade de se manter os segredos da festa, especialmente em tempos de acesso ininterrupto à internet. Para ele, além do desejo de se colocar tudo na web, outro desafio foi conscientizar as muitas crianças que, voluntariamente, participarão da cerimônia, de que nada do que estão ensaiando há meses poderia ser divulgado. “Não faltaram professoras querendo saber o que eles estão fazendo”, divertiu-se Boyle. “Mas eles foram muito firmes em dizer: ‘Não posso falar, é uma surpresa!’.” (Amanda Romanelli)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.