As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Teste para a paciência do gaúcho

Estadão Esportes

29 de julho de 2012 | 20h03

Mano Menezes viveu uma situação incomum na partida deste domingo contra a Bielorrússia. Como o banco de reservas do Old Trafford fica no meio da plateia, coisa impensável no futebol brasileiro, mas comum na Inglaterra, ele teve de ouvir bem de perto os palpites e as reclamações dos torcedores brasileiros. O plano do gaúcho era ignorar os gritos, mas um torcedor passou tanto tempo pedindo (exigindo, na verdade) a saída de Hulk ­ desde a primeira etapa ­ que o técnico perdeu a paciência, virou-se para o sujeito e pediu para ele se acalmar e apoiar mais a equipe. “O torcedor precisa entender que muitas vezes os jogadores precisam de apoio, de carinho”, explicou o treinador da Seleção. (Mateus Silva Alves, de Manchester)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.