As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ouro no Pan, Célia ‘salva’ marido com marmita para 15 dias

Jogadora subiu ao pódio com a seleção brasileira de handebol

Robson Morelli

25 de julho de 2015 | 12h56

O cardápio é saudável e de dar água na boca: batata-doce, ricota, frango desfiado… Quem inventa os pratos é a ponta Célia, da seleção feminina de handebol. Antes de ir para o Pan de Toronto, ela fez 15 dias de marmita para o marido. “Eu adoro cozinhar. Antes de vir para o Pan, deixei várias marmitas para o meu marido, para ele ter coisas boas para comer nos 15 dias que ficarei fora”, conta.

Ela lembra que salvou a pátria de Kléber. “Meu marido falou que eu salvei a vida dele”, afirma, rindo. Quem conhece garante que ela tem uma mão cheia na cozinha. “Cada dia invento uma coisa. É a minha válvula de escape”, explica.

Célia, que conquistou a medalha de ouro no Pan, ainda não teve a chance de fazer comida para suas companheiras de seleção. “A gente só fica em hotel, então não tenho brecha para para cozinhar para elas. Mas no meu clube, quando teve meu aniversário, levei um bolo, mas disse que seria um bem saudável. As meninas adoraram.”

Tudo o que sabemos sobre:

handebolJogos Pan-Americanos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.