Assédio sobre Henrique causa preocupação no Palmeiras
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Assédio sobre Henrique causa preocupação no Palmeiras

Daniel Batista

28 de outubro de 2014 | 14h34

Autor de 15 gols no Campeonato Brasileiro, número que o coloca como artilheiro da competição, o atacante Henrique está em alta no Palmeiras. E, ironicamente, essa boa fase do atacante preocupa a diretoria alviverde. O problema é que Henrique está emprestado até o fim do ano e o clube corre para tentar sua contratação ou a renovação de empréstimo. O Mirassol, dono dos direitos do atleta, já avisou que a preferência é fazer um negócio em definitivo.

O temor dos palmeirenses é que a boa fase do atacante desperte interesse de clubes do Brasil e do exterior. Recentemente, empresários ligados ao futebol turco e francês estiveram no Brasil para observar alguns jogadores e Henrique era um dos alvos preferidos. Temor maior é que algum rival vá atrás do jogador, que já passou pelo Santos.

Até o momento, os representantes do jogador receberam algumas sondagens, mas a prioridade é negociar com o Palmeiras. A preocupação de algumas pessoas é que se repita o que aconteceu em outros casos, quando o Palmeiras demorou para acertar a renovação e, no fim, perdeu o jogador. Caso mais emblemático é o do atacante Alan Kardec, atualmente no rival São Paulo. Quem pode estar vivendo situação parecida é Wesley, que tem contrato até fevereiro do ano que vem e ainda não tem futuro definido. O time do Morumbi também é um dos interessados nele.

henrique_palmeiras_jfdiorio_estadao_25102014_600x342

Tudo o que sabemos sobre:

BrasileirãoHenriquePalmeiras

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: