Em dezembro, Tite vai ouvir propostas. E não apenas do Corinthians
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em dezembro, Tite vai ouvir propostas. E não apenas do Corinthians

Vitor Marques

29 de outubro de 2014 | 15h52

Tite não está “apalavrado”, como se diz no futebol, com o Corinthians.  A partir de dezembro, tão logo termine o Campeonato Brasileiro,  o técnico vai ouvir propostas de trabalho para 2015. Se o Corinthians, por causa da eleição à presidente, esperar até fevereiro para oficializar sua proposta, corre sério risco de perder o treinador para outro clube.  Tite virou opção no Internacional para substituir Abel Braga.  O Colorado deve resolver sua vida logo depois do Brasileirão. O Corinthians, não.  As eleições travam as decisões no clube. Roberto de Andrade, candidato da situação, quer Tite. A oposição pensa em Vanderlei Luxemburgo. É por isso que Mário Gobbi se adiantou e confirmou que, em janeiro, o time será dirigido por Sylvinho. Mano Menezes tem contrato só até dezembro.

Tite: retorno ao Corinthians não está garantido

Tite: retorno ao Corinthians não está garantido

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: