Ignorados pela TV aberta, Palmeiras e Santos reclamam
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ignorados pela TV aberta, Palmeiras e Santos reclamam

Daniel Batista

23 de outubro de 2014 | 11h00

Os patinhos feios do futebol paulista são Palmeiras e Santos. Pelo menos para a TV aberta, que não dá bola para as reclamações e continua dando prioridade aos jogos de Corinthians e São Paulo. Os presidentes Paulo Nobre e Odílio Rodrigues, de Palmeiras e Santos, respectivamente, já reclamaram para a TV Globo, mas não tiveram seus pedidos levados em consideração.

Das 30 rodadas realizadas (contando o jogo desta quarta-feira), o Corinthians teve 15 jogos televisionados, o São Paulo 14 (nesta quarta, o Tricolor enfrentou a Chapecoense) enquanto Santos e Palmeiras tiveram apenas dois.  Os números são acima da quantidade de rodadas, porque foram transmitidos três clássicos: os dois jogos entre Corinthians e São Paulo e o confronto entre Santos x Corinthians.

O Palmeiras ainda não venceu em jogos transmitidos pela TV aberta. O primeiro jogo exibido foi uma derrota por 4 a 2 para o Flamengo, dia 4 de maio. No dia 1º de junho, na 9ª rodada, o Alviverde ficou no empate sem gols com o Grêmio e desde então não apareceu mais.

Inclusive, essa ausência da TV aberta é um dos motivos que as diretorias de Santos e Palmeiras alegam para justificar o fato de não terem patrocínio master na camisa da equipe.


Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.