Pagar Oswaldo de Oliveira não é prioridade no Santos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pagar Oswaldo de Oliveira não é prioridade no Santos

Vitor Marques

21 de outubro de 2014 | 15h27

O técnico Oswaldo de Oliveira revelou, em entrevista ao Estadão (leia aqui) nesta segunda-feira, que o Santos lhe deve três meses de salários atrasados, mais a rescisão contratual – ele foi demitido em setembro. “O último salário que eu recebi foi em maio”, afirmou. O clube não tem previsão de pagá-lo. Oswaldo não é a prioridade, segundo fontes ouvidas pelo blog. A situação financeira do Santos, como a da maioria dos clubes brasileiros, é grave. No início deste mês, só foram quitados salários atrasados e direitos de imagem porque o clube conseguiu R$ 20 milhões antecipando cotas de televisão de 2015. A preocupação da diretoria é como pagar os salários de novembro e dezembro. A ordem é pagar quem está no elenco e os funcionários do clube. Houve atrasos de pagamento ao longo de todo o ano de 2014.  “Nunca pagaram normalmente, sempre atrasou”, afirmou Oswaldo, que passa férias no Rio de Janeiro e pretende voltar a trabalhar em janeiro.
(Colaborou Sanches Filho)

Oswaldo de Oliveira foi demitido do Santos em setembro

Oswaldo de Oliveira foi demitido do Santos em setembro

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Oswaldo de OliveiraSantos FC

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: