As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Valdivia não vai repetir o erro do Wesley’, diz dirigente do Palmeiras

Daniel Batista

13 de fevereiro de 2015 | 15h31

O meia Valdivia tem contrato com o Palmeiras até o dia 17 de agosto e já pode assinar um pré-contrato a partir da próxima terça-feira. A diretoria não acredita que o chileno vá sair pela porta dos fundos e para exemplificar, sobrou para o volante Wesley.

“O Valdivia não vai repetir o erro do Wesley, que negociava com a gente mesmo já tendo acertado com o São Paulo”, disse um dirigente do Palmeiras, que pediu para não ser identificado. “Sabemos que o Valdivia quer ficar e a gente pretende ficar com ele. Vamos conversar sem um dar ‘bola nas costas’ do outro”, completou.

A comparação com Wesley é pelo fato do volante sair do Palmeiras de graça, já que seu contrato se encerra no fim deste mês e acertou a ida para o São Paulo. Irritado com a postura do jogador, a diretoria resolveu deixá-lo treinando separado do grupo, em horários diferentes até o fim do mês.


Quanto a Valdivia, o chileno se recupera de uma lesão na coxa esquerda e deve voltar ao time no dia 28, contra o Capivariano. Um dia antes acaba o contrato de Wesley. O chileno chegou a ter o nome comentado no Flamengo, mas a diretoria do clube carioca garante que não tem mais interesse no jogador.

Tudo o que sabemos sobre:

PalmeirasValdiviaWesley

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: