Blanc deixa tensão para trás e promete mudanças para se adaptar ao estilo da Espanha

lucianoborborema

22 de junho de 2012 | 19h08

Rádio Estadão ESPN transmite Espanha x França neste sábado, às 15h45

AFP_PHOTO_FRANCK_FIFE_Laurent__EDITADO.jpg
Técnico Laurent Blanc (Franck Fife/AFP)

Veja também:
Acompanhe tudo sobre a Eurocopa
Ouça gols da Euro

Por ESPN.com.br

As discussões entre os jogadores na França no vestiário já fazem parte do passado. Pelo menos é esse o discurso do técnico Laurent Blanc, que tenta manter o foco da equipe no duelo com a Espanha, neste sábado em Donetsk, pelas quartas de final da Eurocopa. Nesta sexta-feira, o treinador adiantou que vai fazer mudanças na equipe para uma melhor adaptação ao estilo de jogo do adversário, deixando o time um pouco mais defensivo.

Blanc já não poderá contar com o zagueiro Mexes, suspenso, que será substituído por Koscielny. Por outro lado, os meia Ribery e Nasri estão recuperados de lesão, treinaram normalmente e ficam à disposição. Ao ser questionado se vai fazer outras alterações, o comandante francês não teve dúvidas.

“Definitivamente”, respondeu Blanc, que explicou o motivo: “Eu geralmente digo que você deve se adaptar o mínimo possível ao seus adversários e jogar o seu próprio jogo. Mas jogadores contra um time muito forte e como um estilo de jogo muito bem estabelecido. O nível de jogo da Espanha é muito superior ao nosso, então definitivamente nós vamos adaptar ao estilo deles. Mas isso não significa que vamos abandonar as nossa forças. Nós temos time para fazer as duas coisas”.

Blanc preferiu não adiantar qual será a mudança entre os titular, mas especula-se que Nasri possa perder a vaga, para a entrada de Menez, fortalecendo a marcação no meio-campo. O treinador rasgou elogios à Espanha e deu indícios de como a França vai se comportar na partida, para tentar conter a posse de bola dos atuais campeões europeus e mundiais.

“Se você se defender bem e for compacto, você tem uma chance. O problema é que a Espanha tem média de 65 a 70 % de posse de bola. Então, você fica apenas com um terço de posse. É preciso se adaptar a isso. Mas estudamos bem a Espanha e não teremos surpresas amanhã”, explicou.

As discussões no vestiário após a derrota para a Suécia também voltaram a ser assunto na entrevista coletiva desta sexta-feira, na Donbass Arena, em Donetsk. Blanc admitiu que o clima tenso afetou a equipe nos últimos dias, mas garantiu que o problema ficou para trás e a concentração agora é total no confronto com os espanhóis.

“É preciso tempo para as coisas se acalmarem, e isso tima o seu tempo, mas esse é o trabalho do treinador. Se há tensão no vestiário, isso te deixa preocupado. Mas mesmo tendo um pouco de tensão em Kiev, o paradoxo é que nós estamos nas quartas de final da Euro. Apesar de tudo, também é preciso dizer: ‘Garotos, nós temos um jogo muito importante contra a Espanha para nos preparar'”, disse Blanc.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.